Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

A reforma do Judiciário que sai por R$ 260 milhões


Agência O GloboBRASÍLIA - O Judiciário pretende gastar R$ 260,3 milhões no ano que vem com obras. O valor, previsto no projeto de lei do Orçamento da União para 2007, servirá para fazer reformas e construir novas sedes de tribunais em todo o país. A verba para as obras do Judiciário é 31% superior à prevista no Orçamento para a modernização do Sistema Penitenciário Nacional. A proposta orçamentária estabelece que os presídios, foco constante de crises e um dos graves problemas de segurança pública no país, deverão receber R$ 199 milhões da União no ano que vem.A maior parte dos gastos será com a Justiça Eleitoral: mais de R$ 100 milhões. Desse total, R$ 60 milhões estão reservados apenas para a construção da nova sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - um projeto assinado pelo arquiteto Oscar Niemeyer que será erguido em lugar nobre de Brasília, próximo da margem do Lago Paranoá. Detalhe: o TSE já tem prédio próprio.A segunda obra mais cara do Judiciário programada é a nova sede do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1 Região, em Brasília, que deve consumir R$ 17 milhões. Ao todo, a Justiça Federal espera gastar R$ 80,8 milhões em obras. Na primeira instância os gastos deverão ser de mais de R$ 56 milhões, e a obra mais cara prevista é a construção de do prédio da Seção Judiciária em Vitória, no Espírito Santo.Já a Justiça do Trabalho deverá receber R$ 71,8 milhões para financiar a construção de sedes de tribunais regionais e reformas de fóruns. O Tribunal Regional do Trabalho que mais receberá recursos será o do Paraná, com R$ 8,5 milhões. O dinheiro servirá para construir dois fóruns: um em Maringá, que sairá por R$ 5,5 milhões, e um em Londrina, por R$ 3 milhões.A Justiça Eleitoral investirá pesado na construção de cartórios eleitorais no interior de quase todos os estados. No Rio, que deverá ter R$ 5 milhões, será construída uma nova sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e será ampliado um prédio para o armazenamento de urnas eletrônicas na capital fluminense. Em Duque de Caxias, serão construídos cartórios eleitorais.

Mais Sobre Política - Nacional

Marco Aurélio libera para votação denúncia de racismo contra Bolsonaro

Marco Aurélio libera para votação denúncia de racismo contra Bolsonaro

Ministro Marco Aurélio Mello, do STF, liberou para a inclusão na pauta da 1ª Turma da corte o julgamento contra o candidato da extrema-direita a presi

Morre Otavio Frias Filho, diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo

Morre Otavio Frias Filho, diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo

O diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo, Otavio Frias Filho, morreu nesta terça-feira no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo, vítima de um câ

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';