Porto Velho (RO) sexta-feira, 1 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Polícia

Semtran apreende mais de 80 veículos de mototaxistas piratas


 
A prefeitura de Porto Velho intensifica o combate aos mototaxistas “piratas” em todos os setores da capital. Dados divulgados pela secretaria municipal de Transportes e Trânsito (Semtran), responsável pelo trabalho, indicam que do final de agosto deste ano, quando começaram as ações repressivas, até outubro, já foram apreendidas 85 motocicletas de pessoas que trabalhavam clandestinamente.

O diretor de fiscalização da Semtran, Adirley Gonzaga, afirma que todas as motocicletas apreendidas são recolhidas ao pátio da secretaria. Os veículos só são liberados mediante pagamento de multas, taxa de remoção, diária e guincho. O valor a ser pago chega a R$ 1.500,00. “Por enquanto os condutores não estão sendo enquadrados por exercício ilegal da profissão, mas se persistirem, as providências necessárias serão tomadas”, alerta Gonzaga, salientando que o valor da multa poderá ser duplicado em caso de reincidência.

Além das equipes que já estão nas ruas diariamente, outras deverão entrar em ação nos próximos dias. Sempre acompanhados de policiais militares, os fiscais da Semtran trabalham em dias e horários alternados para surpreenderem os “piratas”. A ação é simultânea em diversos pontos da cidade. “É desta forma que temos conseguido êxito no nosso trabalho”, afirma o diretor.


Clandestinos

Conforme Adirley Gonzaga, o trabalho de conscientização realizado pela prefeitura com o objetivo de evitar a ação clandestina dos mototaxistas, durou cerca de um mês. Nesse período, blitz educativas foram realizadas por toda a cidade. “Agora não tem conversa, todo mototaxista pirata terá sua moto apreendida”, alerta. Por outro lado, reconhece que não será fácil vencer os “piratas”, pois segundo os cálculos da Semtran existem cerca de dois mil mototaxistas clandestinos atuando na cidade.

Porém ao mesmo tempo, que atuam contra os “piratas”, os fiscais da Semtran conscientizam os mototaxistas cadastrados a auxiliar no combate ao exercício ilegal da função e também para que não entreguem seus veículos às pessoas não legalizadas. Gonzaga explica que toda ação do município está embasada no artigo 9º.A da Lei Complementar nº 291 de dezembro de 2007, que veda qualquer ação ilegal no transporte de passageiros na capital.


Auxilio da população

Gonzaga solicita o apoio da população para combater os mototaxistas ilegais. Qualquer pessoa poderá denunciá-los através do telefone: 0800.647.5100. “Toda denúncia será averiguada e os autores não precisam se identificar”, informa.

Fonte: Augusto José
 

Mais Sobre Polícia

Polícia Federal deflagra operação de combate a fraudes a Sistema Oficial de controle de produto florestais - SISDOF

Polícia Federal deflagra operação de combate a fraudes a Sistema Oficial de controle de produto florestais - SISDOF

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (28/6), a Operação Paper Wood, que visa desarticular organização criminosa dedicada a fraudar o Siste

Polícia Federal investiga lavagem de dinheiro por parte de organização com atuação na extração e comércio ilegais de ouro

Polícia Federal investiga lavagem de dinheiro por parte de organização com atuação na extração e comércio ilegais de ouro

A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram nesta terça-feira, 28/6, a Operação Lavagem de Ouro, para coibir a lavagem de dinheiro por parte d