Porto Velho (RO) sexta-feira, 4 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Presidente da Federação das Associações de Bairros é ameaçada de morte



Após a apresentação da matéria na sexta-feira, pelo programa Câmera 11 da TV Candelária, sobre a tentativa frustrada de cancelar o reveillon da Quéops a reportagem do programa foi procurada pela Federação das Associações de bairros de Rondônia, para falar sobre a não realização do Festival de Verão da Zona Leste. Presidente da Federação das Associações de Bairros é ameaçada de morte - Gente de Opinião

De acordo com Edna, a festa seria beneficente para apoiar algumas associações de bairros em Porto Velho e o evento teve que ser cancelado em razão da pressão para a não realização do evento, que seria realizado na Avenida Rio de Janeiro, entre 29 e 30 novembro de 2008. 

Edna disse que seguiu as orientações da Fundação, ou seja, foi feito uma proposta para que eles assumissem o trio elétrico, em razão da federação não ter condições para uma despesa desse porte. Após contrato assinado, tudo mudou e fomos abandonados por eles, não recebiam mais a nossa pessoa, também não sabíamos o que estava acontecendo e um mês antes fomos avisados que não teríamos apoio. 


PREJUÍZO DE CINQUENTA MIL REAIS

Agora não temos como acusar ninguém, fomos lesados, não temos a quem recorrer. Edna disse ainda que, antes foram pressionados para que o evento não acontecesse, ‘Nós tivemos um prejuízo de R$ 50 mil reais’. 


AMEAÇA DE MORTE

O mais grave é que no momento em que esta nova reportagem estava indo ao ar no programa Câmera 11, a produção do programa recebeu a informação de que a Dona Edna Barbosa tinha recebido algumas ligações ameaçando-a de morte. 

A produção do programa pediu a atenção do Ministério Público e das autoridades policiais diante desta nova denúncia, já que Isso toma outros contornos e extrapola os limites da reportagem. 

Para o vereador Cláudio Carvalho, que participou do programa de hoje, existe uma disputa entre os promotores de eventos, e ele já se colocou a disposição das partes interessadas para melhorar a lei que disciplina os grandes eventos, abertos ou fechados. 


VEREADOR É CONTRA MOTOTAXI EM PORTO VELHO

Perguntado sobre a questão da clandestinidade dos mototaxistas na capital, o vereador foi enfático e disse: “Olha o Vereador Cláudio Carvalho é contra o mototaxi em cidade de grande porte como Porto Velho”. O Vereador entende que hoje é urgente a melhoraria do transporte coletivo, implantando corredores específicos para os ônibus, além de uma estruturação da malha viária de Porto Velho, inclusive com ciclovias. 

Fonte: Gentedeopinião com informações do programa Câmera 11 da TV Candelária.

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O