Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Polícia

PF: Organização teria movimentado mais de R$ 200 milhões


Aécio Amado - Repórter da Agência Brasil
Gente de Opinião

As ações acontecem nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul
Arquivo/ Marcelo Camargo / Arquivo Agência Brasil

A Operação Conexão Venezuela foi deflagrada na manhã de hoje (11) em cidades do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Ela tem o objetivo de apurar a prática dos crimes de lavagem de dinheiro e organização criminosa. “Conforme as investigações, empresas sediadas na Venezuela (dentre elas, uma estatal) remeteram vultosos valores ao Brasil, a pretexto de aquisição desses equipamentos”.

No período de 2010 a 2014, o dinheiro movimentado pela organização teria ultrapassado R$ 200 milhões, diz a Polícia Federal (PF). De acordo com a investigação, parte considerável desses recursos não foi destinada aos fabricantes e fornecedores, tendo circulado em contas bancárias diversas e enviada para fora do país.

Segundo a PF, as investigações tiveram início com base em procedimento fiscal da Receita Federal, que identificou pessoas jurídicas fazendo operações financeiras atípicas, supostamente no exercício de atividade de intermediação de exportação de máquinas e implementos agrícolas do Brasil para a Venezuela.

Policiais federais estão cumprindo mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Canoas, Passo Fundo e Erechim. No estado de São Paulo, as ações ocorrem em Americana e na capital paulista. Seis pessoas são alvos de condução coercitiva.

Mais Sobre Polícia

 Augusto José denuncia bandidagem na ponte sobre o rio Madeira (VÍDEO)

Augusto José denuncia bandidagem na ponte sobre o rio Madeira (VÍDEO)

Augusto José faz grave denúncia durante o programa Balanço Geral Rondônia, da SICTV...

Polícia Civil investiga ações do ex-senador Luiz Estevão na Papuda

Preso há mais de dois anos no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, o ex-senador Luiz Estevão é suspeito de ser o “manda-chuva” da ala reserv

Polícia apreende pendrives e anotações em cela de Geddel

Polícia apreende pendrives e anotações em cela de Geddel

Após denúncia de um detento, a Polícia Civil do DF, autorizada pela Justiça, fez buscas na cela do ex-ministro de Temer, Geddel Vieira Lima, preso no

Jungmann quer prorrogar intervenção por mais um ano no RJ

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, sugeriu hoje (15) que a intervenção federal no Rio de Janeiro seja prorrogada por mais um ano, até o