Porto Velho (RO) quarta-feira, 2 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Órgãos que integram a Segurança Pública definem as ações estratégicas na Operação Brasil Integrado, em Rondônia


Representantes dos órgãos que integram a Segurança Pública em Rondônia estiveram reunidos nessa terça-feira (4), no Comando Geral da Polícia Militar, onde confirmaram as ações estratégicas de atuação de cada organismo na Operação Brasil Integrado – Ação fronteira Sudeste e Goiás.

Gente de Opinião

Representantes dos órgãos que integram a Segurança Pública reunidos

A Operação Brasil Integrado acontece nos dias 5, 6 e 7 de agosto e visa a prevenção para os Jogos Olímpicos Rio 2016, além de combater os principais crimes de fronteira, como tráfico de drogas, entrada de armas ilegais, contrabando, descaminho e transporte de veículos roubados ou furtados do Brasil para países vizinhos.

A operação teve início à meia noite desta quarta-feira em 16 estados, sendo 11 localizados na faixa de fronteira, quatro na região sudeste e o Estado do Goiás.

Em Rondônia, nove localidades serão alcançadas pela operação, sendo elas: Porto Velho, Extrema, Guajará-Mirim, Nova Mamoré, Buritis, São Miguel do Guaporé, Rolim de Moura, Colorado do Oeste e Vilhena.

O secretário de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Antônio Carlos dos Reis, abriu a reunião e destacou a importância da integração das forças de segurança no combate aos crimes de fronteira. “Não é uma operação rotineira, contudo mostra a força e a presença do estado nas faixas de fronteiras, regiões que por natureza são de difícil acesso e que favorece a ação de quadrilhas. Gostaríamos de atingir todos os municípios do Estado, porém temos limitações. Por isto foram escolhidos municípios estratégicos”, salientou.

O comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Nilton Kisner, disse que o efetivo reduzido não é problema para o bom desempenho da operação. “Um bom efetivo não resolve quando não há criatividade, mas o planejamento e a união de esforços propiciam uma melhor segurança à população e é o que será feito nessa operação”, disse.

O gerente de Fronteiras (Gesfron), tenente-coronel Glanert, disse que toda estrutura está montada e que as informações serão repassadas à Brasília para compor os resultados dos demais Estados. “Em cada barreira, policiais e fiscais estarão de forma integrada no combate aos principais ilícitos peculiares a um estado de fronteira”, destacou.

São 12 órgãos que integram as ações de Segurança Pública durante a operação, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Exército, Força Aérea, Marinha, Sedam, Sefin, Receita Federal e o Ibama, por intermédio da operação Onda Verde.


Fonte
Texto: Arian Oliveira
Fotos: Sesdec
Decom - Governo de Rondônia

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O