Porto Velho (RO) sábado, 15 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Polícia

Kakionis assume 3º DP e promete combate ao crime


Delegado Paulo Kakionis é empossado no 3º DP e promete ações de prevenção e combate ao crime

Nesta semana, o delegado Paulo Kakionis foi empossado na 3ª Delegacia de Polícia do Estado de Rondônia (3º DP), em Porto Velho. Com fôlego total, o delegado promete trabalhar em prol da comunidade desenvolvendo ações de prevenção e combate ao crime.

O secretário Interino da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), delegado Cezzar Pizzano, foi quem empossou o delegado. Pizzano durante a posse ressaltou o trabalho desenvolvido pela polícia, por meio da filosofia de Policiamento Comunitário, isto é, a integração das polícias e da comunidade na troca de informações.

Paulo Kakionis (D) na foto,  é bacharel em Direito formado pela Universidade de Mogi das Cruzes (SP), tendo exercido a profissão de advogado em São Paulo, entre 1992 e 2004. Em 2007 assumiu a gerência do Sistema Penitenciário do estado de Rondônia e ainda conta com experiência profissional nas delegacias de Nova Mamoré, Guajará-Mirim e na Central de Polícia. Kakionis traz em sua bagagem cursos Jurídicos, que irão contribuir em sua nova empreitada.

Fonte: Érica Ferreira

Mais Sobre Polícia

Operação mira golpe em oferta de vacina contra a Covid; pelo menos 20 prefeituras podem ter sido lesadas, diz polícia

Operação mira golpe em oferta de vacina contra a Covid; pelo menos 20 prefeituras podem ter sido lesadas, diz polícia

Uma empresa que ofereceu doses da vacina de Oxford/AstraZeneca a pelo menos 20 prefeituras de todo o Brasil é alvo de uma operação nesta quinta-feira

Deputado Jair Montes defende produtores de leite e pede que Governo tome medidas urgente para proteger a cadeia produtiva

Deputado Jair Montes defende produtores de leite e pede que Governo tome medidas urgente para proteger a cadeia produtiva

O deputado estadual Jair Montes (Avante) tem se manifestado em suas redes sociais e conversado com o Governador Marcos Rocha para que o Estado tome