Porto Velho (RO) domingo, 16 de dezembro de 2018
×
Gente de Opinião

Justiça

Onyx Lorenzoni - Homem forte de Bolsonaro vira alvo de processo no STF por caixa 2


Onyx Lorenzoni - Homem forte de Bolsonaro vira alvo de processo no STF por caixa 2 - Gente de Opinião

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin determinou a abertura de um processo para apurar a denúncia de pagamento de caixa 2 que teria sido feita pela J&F, ligada ao grupo JBS, ao deputado e futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), considerado um dos homens fortes do presidente eleito Jair Bolsonaro. Pedido feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pede, ao todo, a abertura de dez processos contra parlamentares pela suspeita de recebimento de recursos por meio de caixa 2.


Segundo depoimentos de delatores da J&F, o grupo empresarial teria efetuado dois repasses a Lorenzoni, no valor de R$ 100 mil cada, em 2012 e 2014. Caso as investigações comprovem o uso dos valores ilícitos, Dodge poderá pedir a abertura de um inquérito sobre o caso. "Verificou-se, como consta nas planilhas do 'item 2' acima, situações em que o recebimento de dinheiro de forma dissimulada ocorreu no curso do mandato parlamentar por agentes políticos que ainda são detentores de foro no STF, fazendo-se necessária a autuação de petições autônomas para adoção de providências em relação a cada autoridade envolvida", justificou Dodge no pedido para a abertura dos processos.


Apesar de Fachin ser o relator dos processos referentes a Lava Jato e das delações de executivos do Grupo JBS que tramitam no STF, os novos processos não deverão ser encaminhados de forma direta para sua análise. O material será encaminhado para a livre distribuição, por meio de sorteio entre os integrantes da Corte.


Além do processo contra Lorenzoni, a PGR também pediu que sejam apuradas as condutas dos deputados Jerônimo Goergen (PP-RS), Alceu Moreira (MDB-RS), Marcelo Castro (MDB-PI), Zé Silva (SD-MG) e Paulo Teixeira (PT-SP), além dos senadores Ciro Nogueira (PP-PI), Renan Calheiros (MDB-AL) ,Eduardo Braga (MDB-AM) e Wellington Fagundes (PR-MT).

Mais Sobre Justiça

MP, PM e Polícia Civil realizam operação em órgãos da Prefeitura de Colorado e apreendem medicamentos e insumos armazenados em locais inadequados

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Colorado do Oeste, com apoio da Polícia Militar e Polícia Civil, re

TJRO implanta sistema de precatórios mais ágil e transparente

TJRO implanta sistema de precatórios mais ágil e transparente

Mais agilidade, controle e maior vazão dos trabalhos relacionados aos precatórios. O Sapre – Sistema de Administração de Precatórios, em consonância

Juíza Carolina Lebbos nega pedido de senadores para visitar Lula na prisão

Juíza Carolina Lebbos nega pedido de senadores para visitar Lula na prisão

A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal em Curitiba, negou hoje (10) pedido feito por senadores petistas da Comissão de Direitos Humanos do Sen

Ameron: Desembargador Alexandre Miguel é reeleito presidente

Ameron: Desembargador Alexandre Miguel é reeleito presidente

Com 152 votos, o que representa o total de 98,6%, a chapa “Um Só Ideal”, liderada pelo atual presidente da Associação dos Magistrados do Estado de R