Porto Velho (RO) sábado, 28 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Justiça

Ministério Público de Rondônia deflagra segunda fase da Operação “Boi Gordo”


  Ministério Público de Rondônia deflagra segunda fase da Operação “Boi Gordo” - Gente de Opinião

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), deflagrou na manhã desta quinta-feira (12/12), a segunda fase da Operação denominada “BOI GORDO”, que foi iniciada em virtude de fatos investigados conexos e correlatos revelados nas denominadas Operações “Greenfield”, “Sépsis”, “Cui Bono (Lava Jato)” e “Carne fraca”.

Essa segunda fase da operação objetiva angariar elementos de prova relativos a novos investigados que surgiram na primeira fase, notadamente relacionados aos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de capitais, implementados no âmbito da Organização Criminosa.


Estão sendo cumpridas medidas de busca e apreensão na capital e no interior do Estado de Rondônia.


Mais Sobre Justiça

Operação Bonifrate - Ministério Público, Polícia Civil e Secretaria de Finanças deflagram operação de combate à sonegação fiscal

Operação Bonifrate - Ministério Público, Polícia Civil e Secretaria de Finanças deflagram operação de combate à sonegação fiscal

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Grupo de Atuação Especial

Operação cumpre mandados judiciais contra advogados envolvidos com o crime organizado

Operação cumpre mandados judiciais contra advogados envolvidos com o crime organizado

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado de Rondônia (GAECO/MPRO) e a Polícia Civil do Estado de R

Contágio de motorista de ambulância por Covid-19 é reconhecido como doença ocupacional pela Justiça do Trabalho

Contágio de motorista de ambulância por Covid-19 é reconhecido como doença ocupacional pela Justiça do Trabalho

O juízo da 5ª Vara do Trabalho de Porto Velho (RO) reconheceu o nexo causal em contaminação por Covid-19, como doença ocupacional, a motorista de ambu