Porto Velho (RO) sexta-feira, 27 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Fhemeron: Precisa aumentar estoque de sangue


De acordo com a assistente social Maria Luiza Pereira, para atender a demanda de pacientes do município e de outras cidades, há a necessidade de 100 bolsas diárias, mas essa meta não é atingida. “No máximo que conseguimos são 50 diariamente e agora vai começar o carnaval, então convidamos todos os moradores de Porto Velho para realizar doação”, disse Maria.

Atualmente, a Fhemeron possui aproximadamente 60 mil pessoas cadastradas no banco de dados, porém, desde total, apenas 10% retornam depois da primeira doação. Neste momento o local possui apenas 300 bolsas de sangue, o ideal seria quase o dobro.

Ainda de acordo com Pereira, a procura maior é pelo sangue O positivo e negativo. Ela ainda explica que a cada paciente atendido no local, a Fundação pede que a família disponibilize outras três pessoas para doar. “O que acontece é que a maioria das pessoas só doa quando é para algum parente ou amigo que esteja necessitando. Elas precisam ter consciência que podem salvar em menos de dez minutos a vida de outras pessoas que elas não conhecem. Doar sangue é um ato de amor”.

Um caso atípico ocorreu na última segunda-feira (7), quando a família da criança diagnosticada com dengue hemorrágica, Samara Aguiar de Sá, 9 anos, realizou uma verdadeira campanha para arrecadar sangue para a menina. A média de doadores por dia na Fhemeron não ultrapassa 50 e, apenas em um dia, cerca de 180 pessoas procuraram o local para ajudar Samara.
 

Público Jovem

Para atrair o público jovem, a Fundação inaugurou em 2011 o projeto Jovem Sangue Bom. O objetivo é realizar palestrar em escolas públicas e particulares do ensino médio de Rondônia para conscientizar a juventude de 16 e 17 anos a realizar doações. Para isso, é necessário que eles tenham autorização dos pais ou responsáveis e preencham os critérios normais exigidos pela Fundação.

Nesse primeiro momento, apenas escolas de Porto Velho participam do projeto, mas a meta é expandi para outros municípios do Estado. Na capital, participaram os colégios João Bento da Costa, Carmela Dutra, Objetivo, e Tiradentes.
 

Critérios para ser doador

• Ter boa saúde;

• Apresentar documentos com fotos, emitido por órgão oficial e válido em todo território nacional;

• Pesar a cima de 50 kg;

• Ter entre 16 e 67 anos de idade;

Recomendações para o dia da doação

• Repousar no mínimo seis horas na noite anterior;

• Estar em jejum;

• Não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anterior;

• Evitar fumar por 2 horas antes da doação;

• Evitar alimentos gordurosos;
 

Localização

A unidade da capital está localizada na Av. Governador Jorge Teixeira ao lado do Hospital de Base Ary Pinheiro e funciona das 7h às 18h para doações e até as 19h para outros serviços. Mais informações 3216-2234 ou 0800-642-5744.

Além de Porto Velho, as cidades de Guajará-Mirim, Ariquemes, Ji-paraná, Cacoal, Rolim de Moura e Vilhena também possuem unidades de doações.

Fonte: Paulo dos Santos - Decom

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O