Porto Velho (RO) domingo, 29 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

Comando da PM-RO promove mais 162 policiais à sargento


 Gente de Opinião

Mais de 700 pessoas participaram na sexta-feira (17), da formatura de promoção a sargento realizado no pátio do Comando Geral da Polícia Militar. O evento que teve início às 17h30 durou pouco mais de uma hora. A novidade na formatura foi a incorporação da promoção de mais oito policiais, subindo para 162 o numero de novos sargentos. Antes a polícia vinha divulgando a promoção 154 sargentos. Presente no evento, o delegado Antônio Carlos do Reis, secretário de segurança pública, representou o governador Confúcio Moura.

Foi o maior público presente numa formatura de sargento nos últimos anos, informou o chefe de Comunicação Social da Polícia Militar, coronel PM Santos. Ainda essa semana, o comando da corporação, começará a distribuição dos novos sargentos para os batalhões que abrangem os 52 municípios do Estado, o que de acordo com o tenente Igor Mayane – coordenador do curso de sargento – nos mais tardar em 15 dias todos estarão em sua área de atuação.

Na tribuna, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Nilton Gonçalves Kisner, disse que “dois meses de ensino à distância e outros quatro meses presenciais, não fosse o apoio dos familiares, de nada valeria todo esse sonho”. Se dirigindo à mais 700 pessoas, o comandante disse que “amigos, parentes, pais, mães, irmãos, esposos, esposas e filhos tem grande parte no sucesso desses, que ora se formam”. O comandante falou também em harmonia entre os pares e entres as instituições responsáveis pela sensação de segurança que a população espera.

Segundo o coronel, “este curso demonstra maturidade, quando por orientação do governador Confúcio Moura, o ex-comandante, coronel Luiz Fernando Brum Prettz, iniciou uma nova metodologia com parte dos estudos, não presencial e com parte, presencial”. Kisner  parabenizou a todos, mas disse que formatura não é o fim. Que um novo ciclo se inicia e o trabalhando está apenas começando. “É responsabilidade da polícia, trabalhar 24 horas por dia, para garantir segurança  à população.

Gente de Opinião

Coronel Kisner, comandante da Polícia Militar

Quanto a promoção, dois critérios foram utilizados: cinquenta por cento de cabos PM’s promovidos pelo critério de antiguidade na corporação. A outra metade, por meio de Processo Seletivo Interno (PSI) um processo seletivo que iniciou com mais de 1.800 candidatos que participaram de um concurso que selecionou 172 alunos, dos quais apenas 10 desistiram, índice considerado baixo pela PM. A perseverança dos que permaneceram é motivo de orgulho para a corporação. “Foram dois meses de curso à distância iniciados em 29 de setembro de 2014, e outros quatro meses com aulas presenciais, disciplinas as mais diversas, nos campos, teórico e prático, iniciados em 16 de março de 2015”, informa o tenente PM Igor.

Representando o governador na formatura, o secretário de segurança pública, Antônio Carlos dos Reis, disse aos formandos que, “hoje vocês galgam mais um degrau na carreira que vocês escolheram”. E a sociedade agradece porque sem a polícia militar, dificilmente teríamos uma sociedade como a que vivemos, disse o secretário. “Obviamente não é a (segurança) ideal, pois vivemos um momento em que, cada vez mais, alguns cidadãos se tornam intolerantes e gananciosos”, disse Reis.

Os promovidos terão a responsabilidade de não só comandar os policiais, mas terão o dever muito importante de serem condutores de novas idéias, porque são formadores de opinião. Desta forma, ressaltou o secretário, poderemos melhorar cada vez mais, nossa segurança pública, disse o secretário.

O terceiro sargento é o elo que liga os oficiais e os policiais (praças) que trabalham próximo à comunidade. “São de suma importância para a manutenção da hierarquia, disciplina e o bom funcionamento da corporação”, destacou o tenente Igor. As vantagens de se promover policiais na corporação foram ressaltadas pelo tenente: o policial é beneficiado por pertencer a uma instituição onde o crescimento profissional é possível e a sociedade ganha mais qualidade no trabalho.

“Dos 162 novos sargentos, o tenente destaca policias que entraram para a polícia em 2010 e, cinco anos depois, foram promovidos.

Por outro lado, ganha a comunidade”. O grau de satisfação dos promovidos repercute diretamente na sua forma de atuação cujo desdobramento tem como finalidade o bom atendimento à comunidade. Além do que, serve de exemplo para outros ‘praças’ novos na polícia, que também objetivam uma promoção futura.

O tenente coronel Francisco Neurimar Gomes de Andrade, que responde atualmente pela Direção de Ensino da PM, disse que “nesse curso houve quebra de paradigma”. Segundo ele, a forma como foi conduzido o curso: a dinâmica inovadora, com atividades que não era previsto no plano de curso, atividades físicas não militares, elementos que foram criados e incorporados para que, uma vez formado, o policial  possa atender ainda melhor a comunidade, disse o diretor.

“Mas isso só foi possível graças ao apoio do Governo do Estado, por intermédio do comando geral da PM”. Na avaliação do tenente coronel, não fosse esse apoio, a eficácia na finalização não seria a mesma. Para Neurimar, a dedicação e perseverança que os alunos tiveram durante o curso não deram espaço para demonstração de fraqueza, muito pelo contrário. “O comando ficou surpreso com o desempenho, tanto dos alunos quanto da coordenação do curso, muito bem avaliados”, disse o militar.


Fonte
Texto: Valdir Alves
Fotos: Gleison Simplício - PM
Decom - Governo de Rondônia

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O