Porto Velho (RO) segunda-feira, 10 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

ACUSADO DE MATAR PM É PRESO EM JI-PARANÁ


Em uma  operação conjunta realizada pelo Centro de Inteligência da Polícia  Militar do estado de Rondônia,  Companhia de Operações Especiais e a Inteligência da Polícia Federal, foi preso por volta das 21 horas de ontem,  o foragido da justiça desde 11/07/2006, Francisco Xavier Pinheiro,  vulgo CHICÃO, que também é apontado como um dos principais chefes de bando. Ele é acusado de ter cometido o homicídio de um Policial Militar em Ji-Paraná e vários outros crimes envolvendo entorpecentes, assaltos e lesões corporais em uma mulher durante um assalto. "Chicão" estava foragido desde 11 de julho de 2006.

O criminoso é mais um integrante da quadrilha composta entre outros, pelo homicida e assaltante Antônio Silva de Oliveira, o "Gordo", André Ricardo Xavier Pinheiro e o também fugitivo Dário Carlos de Lima. Este último foi baleado por "Chicão" num acerto de contas e em breve estará junto  com o comparsa no Presídio.

Francisco Xavier não reagiu a prisão e se entregou juntamente com o condutor do veículo corsa sedan branco que estava sendo conduzido pelo ex-presidiário Rubens  Azevedo Rodrigues. Além dos dois, estavam no veículo a companheira de "Chicão"  e o  filho do casal de apenas dois anos de idade.
Central

Na Delegacia Central,  Rubens que antes dissera que os o Francisco tinha ameaçado para que ele conduzisse o veículo, mudou a sua versão e disse que havia aceitado dar carona para "Chicão" a pedido de um amigo de prenome Josimar. No momento em que os acusados eram recolhidos à carceragem, os policiais encontraram certa quantidade de maconha escondida nas vestes de "Chicão" e os suspeitos também foram enquadrados por posse de entorpecente.
 Rubens Azevedo já foi sentenciado por estelionato e responde a processo por assalto.

Fonte: Lenilson Guedes

 

Mais Sobre Polícia