Porto Velho (RO) domingo, 18 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Você é celebrado, ou você é tolerado? Por João Pagliosa


 

Recentemente, ouvi uma frase que me desconcertou e me fez parar para
pensar. Mais ou menos assim: “Eu preciso estar em lugares onde sou
celebrado e não onde sou tolerado”.

Após breve reflexão, percebi que o real entendimento disso valeu o dia para mim.

Parece trivial, mas muitos se digladiam com esta frase tão verdadeira,
e não a levam em conta, e por isso se angustiam e machucam sua alma.
Ferem seus sentimentos... E as emoções decorrentes atrapalham seu
cotidiano e deixam marcas muito doloridas.

Observe: se você frequenta espaços onde é meramente tolerado, suas
ideias e palavras proferidas, por mais lógicas e verdadeiras que
sejam, nunca encontrarão eco... Elas não serão ouvidas e muito menos
apreendidas. Você perde seu precioso tempo…
É como dar pérolas aos porcos. E sofrerá por sentir-se menosprezado
por seus pares, que, por tolerá-lo, sentem-se muito seguros de si
mesmos. O bicho homem é assim, prezados.

Ah, o caráter dos homens sobre a imensidão da Terra…, quiçá pudéssemos
mudá-lo, mas é utopia. As pessoas são imutáveis, e a única exceção é
quando aceitam a Jesus. Aí a transformação é radical e se houver
esforço, perene.

Inversamente, onde você é celebrado, apenas sua presença física é
motivo de júbilo e comemoração. As pessoas o admiram, ou, no mínimo, o
respeitam, e só isso já é uma satisfação e tanto.

Ora, prefira sempre estar onde é celebrado, qualquer que seja a
situação presente.  Não importa outras coisas. Falo, entretanto, de
celebração verdadeira, que você sente em todas as suas células.

Isso me faz pensar em nossos corruptos e sujos e bem encardidos homens
públicos, fazendo farra com dinheiro público, celebrando as mais
absurdas frivolidades, sempre nas hostes da viúva, para os quais a
mendacidade é qualidade onipresente, e a falta de caráter destes
insanos, aliada a extrema incompetência, dificulta a vida de muitos
milhões de brasileiros. Este povo espoliado, sofrido, cada vez mais
endividado, mas sempre esperançoso de dias melhores.

As mentiras escancaradas de nossos homens públicos é um acinte a
nação, uma vergonha ao governo, e ninguém de boa fé, pode ser
conivente com tais atos.
Prefira sempre estar em lugares que celebram a sua presença. E evite
estar em lugares onde apenas o toleram... Isso melhorará muito a sua
vida.

Gente de Opinião
João Antonio Pagliosa

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual