Porto Velho (RO) domingo, 25 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

VASCO VALENTINO: ‘Os professores merecem um Oscar por dia’


  
O ator Vasco Valentino que nasceu em Osvaldo Cruz, no interior paulista, em curto tempo de profissão viu um grande salto em sua carreira. Do sucesso no teatro no Brasil e na Colômbia ao personagem Amaro em Cama de Gato, novela das seis da Rede Globo e logo em seguida vários comerciais. 

Mesmo tendo em mente a oscilação da profissão, Valentino diz se apegar muito em Deus e afirma que é preciso persistir no que acredita. 

Tendo em vista o assunto da semana estar focado na premiação do Oscar, mesmo sem nenhum brasileiro indicado ao prêmio, Valentino afirmou que o sonho de todo ator é ganhar uma estatueta e aproveitou o ensejo para dizer da importância dos educadores brasileiros. 

“Todo mundo gosta de ser reconhecido naquilo que faz. Eu defendo a tese que os professores brasileiros merecem um Oscar por dia, quer produção mais audaciosa e surpreendente que educar?”, afirmou. 

Sobre a pretensão de ser reconhecido internacionalmente, já que afirmou que todo ator sonha com o Oscar, Valentino ponderou: “Ainda não tive oportunidade de fazer cinema, sou novo no meio, graças a Deus tudo vem dando muito certo, mas falar numa honraria tão grande hoje seria um devaneio, o Brasil é um celeiro de grandes artistas e cineastas, uma hora chega nossa vez.” 

Quanto aos planos para o futuro disse querer levar o teatro para vários lugares do Brasil. “O investimento em educação e cultura deve sempre ser levado como meta primordial, defendo a bandeira de que com isso podemos ter um país cada vez melhor, esse prêmio sem dúvida pesa mais que qualquer estatueta”, finalizou.

Fonte: Laércio Guidio

Mais Sobre Opinião

A fogueira das vaidades

A fogueira das vaidades

O que até agora era bravata, “não é insulto, é o jeito dele”

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.