Porto Velho (RO) sábado, 17 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

TEMER DEIXA HERANÇA MALDITA, APONTA ECONOMISTA DO CREDIT SUISSE


Gente de Opinião

247 - O governo de Michel Temer deixará uma longa herança maldita, prevê Nilson Teixeira, economista-chefe do banco de investimento Credit Suisse. Segundo ele, o sucessor do peemedebista na presidência viverá quatro anos de déficit primário.

Em entrevista à Folha de S.Paulo, ele diz que nem a sociedade, nem o Congresso percebem as consequências de déficits primários duradouros, e afirma que há "complacência" dos participantes do mercado com o atual desequilíbrio fiscal.

"Chamamos os anos 1980 de década perdida, mas esta é ainda pior. Além de mais desempregados, o país terá taxa de investimentos menor e um crescimento potencial menor", avalia.

Mais Sobre Opinião

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual

Vagalumes nas trevas

Vagalumes nas trevas

Mas as trevas não são absolutas: há estrelas, há vagalumes, há réstias de luz