Porto Velho (RO) sábado, 5 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Seduc pode prejudicar projeto do governo



Lúcio Albuquerque, repórter

A demora da Seduc em encaminhar documentos ao Conselho Estadual de Educação, relativos às instalações das escolas do sistema “Tiradentes” com previsão de funcionar ainda este ano, está colocando em risco o cronograma traçado para que Ariquemes, Ji-Paraná e Vilhena possam contar com essas unidades conforme anúncio do governador Confúcio Moura.

Coautor do projeto de lei que autorizou o governo a instalar essas unidades, o deputado Adelino Follador reclamou ontem da demora, dizendo que esteve no Conselho e lá foi informado que a Seduc, que tem a responsabilidade de preparar a documentação, não havia encaminhado nada.

Em outro setor da Assembleia Legislativa houve informação de que no Sintero há fortes resistências à instalação das escolas do sistema Tiradentes e, conforme pelo menos uma fonte que teria conversado com diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, ali o problema seria uma questão de “ideologia”.

O deputado Aírton Gurgcaz, também coautor do projeto de instalação, disse que é muito grande a expectativa das famílias de estudantes para o funcionamento do novo sistema, citando que alguns pais oferecerem resistência, mas que muitos outros, ao saberem da nova escola estão procurando vagas.

GARANTIAS

Os estudantes das escolas já definidas para o novo sistema terão garantidas as vagas nele, mas haverá liberdade total aos que desejarem sair. No entanto, caso queiram voltar terão de entrar na fila. “Em Ariquemes a procura de matrícula na escola “Chico Mendes”, onde será instalado o projeto, aumentou muito”, garantiu o deputado Adelino Follador. 

Fonte: Lúcio Albuquerque
 

Mais Sobre Opinião

Agora que a eleição acabou é hora de mostrar serviço

Agora que a eleição acabou é hora de mostrar serviço

Agora que as urnas tiveram a sua voz silenciada pelo término da contagem dos votos ali recolhidos na consulta popular de novembro – um trabalho, dig

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O TRIBUNAL EUROPEU (TEDH) DÁ ANDAMENTO À  QUEIXA “ACÇÃO CLIMÁTICA” DAS CRIANÇAS PORTUGUESASNo rescaldo de Pedrogão Grande onde o Fogo matou 110 Pessoa

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Acirra-se a briga pela presidência da Câmara Municipal de Porto Velho. O atual presidente Edwilson Negreiros está articulando um grupo forte para gara

Sua Excelência a abstenção

Sua Excelência a abstenção

Independente de quem saía consagrado das urnas no segundo turno do pleito para a prefeitura de Porto Velho (Hildon Chaves ou Cristiane Lopes), certo