Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Rondônia: Agenda permanente na sustentabilidade


Em 2002 quando a cidade de Gramado, na serra gaúcha, abriu suas portas para receber a Primeira Edição do Premio Ecoturismo, predecessor do Seminário Internacional de Sustentabilidade que inaugurou sua primeira versão em 2003, na capital paulista, a maior metrópole da América Latina, iniciava ali uma longa caminhada de conferências, seminários, cúpulas e reuniões, cuja plataforma basilar é a discussão do Desenvolvimento Sustentável, ou a Sustentabilidade na América Latina.

A cidade de São Sebastião, no litoral norte paulista, dava os primeiros passos na direção de compromissos com turismo sustentável e abrigou em 2004, a 3ª edição do Prêmio e 2ª edição do Seminario Internacional, com a Carta de São Sebastião, que foi reconhecida por unanimidade por todos os vereadores da Câmara local, que homenagearam a promotora do evento, Revista Ecoturismo, com medalhas de benemerência sócio ambiental.

Em 2005, a capital federal abrigou ambos os eventos sustentáveis numa parceria ambiental com o Prêmio do Meio Ambiente do Ministério do Meio Ambiente, comandado na época pela ativista Marina Silva e como mestra de cerimônias, a insuperável Letícia Sabatella, artista ambiental que deu ares de grande soberania aos eventos.

No ano de 2006, a Universidade Anhembi Morumbi, uma das pioneiras do turismo brasileiro e internacional, abriu sua tradicional instituição na capital paulista para fazer um dos memoráveis seminários e prêmios de sustentabilidade e ecoturismo, com a presença da juíza negra baiana, Luislinda Valois, espetacular por sua luta pelos direitos humanos.

A partir do ano de 2007, com o anúncio de construções das maiores Usinas Hidrelétricas da Amazônia, a cidade de Porto Velho convidou a direção da Revista Ecoturismo e do Prêmio Ecoturismo e Seminário Internacional de Sustentabilidade, e diante dos inegáveis desastres ambientais e compensações que se iniciaram com estas obras hidrelétricas, polêmicas que custaram a saída de Marina Silva, na época Ministra do Meio Ambiente. De lá pra cá, em alguns anos, em duas edições, a capital de Rondônia tem sido e se dedicado a ser hospedeira dos principais nomes do Meio Ambiente e da Sustentabilidade do Brasil e do Mundo.

Nestes anos, o Prêmio Ecoturismo e Seminário Internacional já fez desfilar verdadeiras celebridades da Europa, dos EUA, da América Latina que se pronunciaram em calorosos debates e produziram anais e documentos que se transformaram em Documentos e Livros como a Justiça Climática e Pré Sal, Arqueologia da Amazônia Tridimensional, Grito da Amazônia Sustentável contra o Aquecimento Global, que foram encaminhados para as várias Cops, entre elas, a Cop 15, onde Rondônia pela Revista e TV Ecoturismo teve total protagonismo sócio ambiental.

Assim, a sustentabilidade ambiental tem tido em 2008, 2009, 2010 e agora 2011, em Porto Velho e em várias universidades locais, o ambiente ideal para abrigar estes eventos sustentáveis, gerando uma agenda permanente no calendário ambiental, já que anualmente em outubro ou novembro, a capital rondoniense é a perfeita anfitriã das discussões que serão levadas sempre para as conferencias internacionais. Nesta décima edição, o material coletado nas discussões, será encaminhado para a Cop 17, em Durban na África do Sul e Rio + 20 em junho de 2012.

Nos dias 17 e 18 de novembro de 2011, na Faculdade São Lucas, na capital das Hidrelétricas do Madeira, o evento terá grandes nomes de todos os segmentos sustentáveis, entre os quais das energias renováveis, esportes sustentáveis, construções,cidades e arquiteturas sustentáveis, arqueologia, turismo sustentável, commodities ambientais.

Este ano, com algumas características diferentes, como a entrada pela primeira vez de exibição de dois documentários peruanos e acreanos, explorando Rodovia do Pacifico e integração Latino americana, dando com a música e a cultura um viés mais lúdico ao evento que se caracteriza pela rudeza dos grandes e polêmicos debates sustentáveis nas suas plenárias.

Em função de estar praticamente no calendário sustentável de Porto Velho e Rondônia, com seus compromissos contra as mudanças climáticas, a direção da Revista Ecoturismo, promotora do evento juntamente com seus apoiadores e patrocinadores tem trabalhado sempre para no mínimo dois anos, convidando grandes nomes de ano para outro, de acordo com as agendas internacionais, como é o caso dos astros americanos convidados, que somente terão horário disponível na agenda para vir ao Brasil de 2012 em diante.

O evento que acontece em 2011, o Ano Internacional das Florestas, vai repercutir as ações do Fórum de Sustentabilidade do SWU que ocorrerá dias 12 e 13 de novembro, em Paulínia, além do movimento Floresta Sempre Viva de um grupo de artistas comandados pelo ativista ambiental Vitor Fasano, Rodrigo Faro e Cristiane Torloni e produzirá a Carta de Rondônia para ser apresentada na Cop 17 e Rio + 20. O 9º Seminário Internacional de Sustentabilidade expedirá certificados de participação a todos os protagonistas, com a produção artística cultural do diretor rondoniense premiado Carlos Levy, da Associação Curta Amazônia.

A TV Ecoturismo, a exemplo da TV Facebook Live, comanda ações em todo o mundo ao lado das grandes parceiras midiáticas como a TV Candelária (20 anos), retransmissora da TV Record local e uma ampla rede de sites, rádios e jornais, repercutirá o Seminário e Prêmio para todo o mundo, com o patrocínio da Eletrobras, Usinas Ferreira Gomes, Correios, Coca-Cola e Grupo Simões, Eletrogoes, Semdestur, Sema, Governo de Rondônia, Portal Amapá Digital.

Fonte: Ascom do  IX Seminário Internacional de Sustentabilidade, X Prêmio Ecoturismo e Justiça Climática e avant Premiere Curta Amazônia

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual