Porto Velho (RO) domingo, 29 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Quem é o professor Francisco Xavier Gomes?


 
Por Itamar Ferreira

"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador" Paul Valéry.

Você nunca ouviu falar dele? Nem eu até pouco tempo. Mas isso não tem a menor relevância, já que, em sendo humano, ele deve ter qualidades e imperfeições. Até onde se sabe, só teve um que caminhou por esse "vale de lágrimas" que não esteve sujeito às fragilidades e contradições humanas.

A querela com o ilustre professor, porque considero todos os professores ilustres, foi motivada por um artigo de sua lavra, publicado na segunda-feira (16), intitulado "A ética do SINTERO", no qual ele tece várias acusações e denúncias, todas padecendo de inanição quanto ao quesito prova e detalhamento. Sendo que nesta quarta-feira (18) ele publicou 'réplica' com o título "a ética da CUT; vê-se que a criatividade não é o seu ponto forte.

Pois bem, ao deserdar o "argumento", como já alertava o grande filósofo, escritor e poeta francês há cerca de um século, qual seja "a ética no SINTERO" e o do meu artigo resposta "o SINTERO é de luta e é democrático"; passando então a atacar o "argumentador", no caso o autor destas mal traçadas linhas, o eclético educador passa um atestado de que suas acusações e críticas não se sustentam.

Refutei os paupérrimos argumentos do professor, todos padecendo do pecado da generalização e da simplificação, mostrando que embora não chegue à perfeição, como todos os humanos e suas organizações, aí incluídas as religiosas, o SINTERO é de longe um dos sindicatos mais participativos e democráticos de Rondônia.

Quem vê o professor escriba lamuriando sobre as desigualdades nas eleições do SINTERO vai achar que o 'coitadinho' levou a maior surra nas urnas, verdade? Pois bem a votação foi: Chapa 1 teve 5.904 votos e a chapa 2 do professor obteve 5.799, uma diferença portanto de míseros 105 votos num universo de quase 12.000 votantes.

Que querias mais Xavier? Que a chapa da atual direção não fizesse campanha e ainda pedisse votos para você. Perdestes. Controle seu exacerbado inconformismo e espere mais três anos para tentar de novo. No 'grito' você não vai ganhar. É assim que funciona na democracia.

Para não dizer que 'não falei das flores' e tão pouco das "críticas" à CUT, registre-se que o professor demonstra a mais completa e absoluta insipiência sobre a nossa Central sindical, que é a maior, mais combativa e a mais democrática do Brasil.

Lanço um desafio ao professor: pesquise tudo o que as outras centrais (isso mesmo, todas juntas) realizaram em Rondônia nos últimos doze meses e eu apresentarei um relatório documentado, inclusive com matérias da imprensa, do que a CUT realizou. Se elas juntas tiverem realizado 50% do que a CUT fez eu farei uma doação de R$ 1.000,00 para qualquer entidade que o professor indicar. Passar bem!

Mais Sobre Opinião

A cidade foi a grande ausente no debate

A cidade foi a grande ausente no debate

Se o Ibope estiver certo em sua aferição, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) vai permanecer por mais quatro anos no comando do município de Porto Velho

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o