Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Quem é o professor Francisco Xavier Gomes?


 
Por Itamar Ferreira

"Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador" Paul Valéry.

Você nunca ouviu falar dele? Nem eu até pouco tempo. Mas isso não tem a menor relevância, já que, em sendo humano, ele deve ter qualidades e imperfeições. Até onde se sabe, só teve um que caminhou por esse "vale de lágrimas" que não esteve sujeito às fragilidades e contradições humanas.

A querela com o ilustre professor, porque considero todos os professores ilustres, foi motivada por um artigo de sua lavra, publicado na segunda-feira (16), intitulado "A ética do SINTERO", no qual ele tece várias acusações e denúncias, todas padecendo de inanição quanto ao quesito prova e detalhamento. Sendo que nesta quarta-feira (18) ele publicou 'réplica' com o título "a ética da CUT; vê-se que a criatividade não é o seu ponto forte.

Pois bem, ao deserdar o "argumento", como já alertava o grande filósofo, escritor e poeta francês há cerca de um século, qual seja "a ética no SINTERO" e o do meu artigo resposta "o SINTERO é de luta e é democrático"; passando então a atacar o "argumentador", no caso o autor destas mal traçadas linhas, o eclético educador passa um atestado de que suas acusações e críticas não se sustentam.

Refutei os paupérrimos argumentos do professor, todos padecendo do pecado da generalização e da simplificação, mostrando que embora não chegue à perfeição, como todos os humanos e suas organizações, aí incluídas as religiosas, o SINTERO é de longe um dos sindicatos mais participativos e democráticos de Rondônia.

Quem vê o professor escriba lamuriando sobre as desigualdades nas eleições do SINTERO vai achar que o 'coitadinho' levou a maior surra nas urnas, verdade? Pois bem a votação foi: Chapa 1 teve 5.904 votos e a chapa 2 do professor obteve 5.799, uma diferença portanto de míseros 105 votos num universo de quase 12.000 votantes.

Que querias mais Xavier? Que a chapa da atual direção não fizesse campanha e ainda pedisse votos para você. Perdestes. Controle seu exacerbado inconformismo e espere mais três anos para tentar de novo. No 'grito' você não vai ganhar. É assim que funciona na democracia.

Para não dizer que 'não falei das flores' e tão pouco das "críticas" à CUT, registre-se que o professor demonstra a mais completa e absoluta insipiência sobre a nossa Central sindical, que é a maior, mais combativa e a mais democrática do Brasil.

Lanço um desafio ao professor: pesquise tudo o que as outras centrais (isso mesmo, todas juntas) realizaram em Rondônia nos últimos doze meses e eu apresentarei um relatório documentado, inclusive com matérias da imprensa, do que a CUT realizou. Se elas juntas tiverem realizado 50% do que a CUT fez eu farei uma doação de R$ 1.000,00 para qualquer entidade que o professor indicar. Passar bem!

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual