Porto Velho (RO) domingo, 18 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

'Policial que não mata, não é policial', diz Bolsonaro ao defender PMs suspeitos de 346 mortes


'Policial que não mata, não é policial', diz Bolsonaro ao defender PMs suspeitos de 346 mortes  - Gente de Opinião

247 - Pré-candidato à Presidência da República, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) afirmou que "policial que não mata não é policial". Declaração foi feita em defesa dos 20 policiais militares do Rio de Janeiro suspeitos de participação na morte de 356 pessoas, segundo matéria publicada neste final de semana pelo jornal O Globo. "Esses policiais têm que ser condecorados. Policial que não mata não é policial", disse.

Bolsonaro, que nesta segunda-feira (27) participou de um evento promovido pela revista Veja, também defendeu o foro privilegiado pera políticos investigados e que os proprietários de terras tenham direito de se armar com fuzis para se defender de possíveis invasões promovidas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual