Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

OPINIÃO: Vereadores e a falta de conhecimento


OPINIÃO: Vereadores e a falta de conhecimento - Gente de OpiniãoApós 20 anos disputando para presidência da República o petista Luís Inácio da Silva, que aderiu o Lula depois de ter ganhado o apelido pelos colegas de profissão, metalúrgicos, ele passou a se chamar Luís Inácio Lula da Silva, e chegou ao governo em pleno século XIX, assumindo no ano de 2002, foi considerado o primeiro presidente semi-analfabeto.

Porém ledo engano, de analfabeto Lula não tinha nada, pois o mesmo após uma grande experiência, e estudando os inúmeros processos e Leis durante todo o tempo que tentou chegar ao poder, posso considerá-lo um doutor em política, mesmo não tendo um diplomo de tal.

Mas o assunto mais interessante que ressaltamos nessa matéria são os vereadores do Norte Araguaia, ou o Noroeste do Estado de Mato Grosso, a sua maioria são considerados semi-analfabetos, ou seja, apenas sabem assinar o nome e ler poucas letras. A diferença do semi-analfabeto dos nobres Edis do Norte Araguaia para o de Lula é que eles em momento algum buscaram aprender um pouco mais, se interagir com as Leis e realmente conhecer o que eles defendem e o que devem fazer para defender os direitos daqueles que os elegeram para o cargo político.

Como é difícil você ver uma pessoa que foi eleita para defender uma sociedade, e esta pegar o microfone e ficar mordendo borracha, falando algo que não conhece, falando de Leis que são totalmente desconhecidas por Ele, não estou aqui dizendo de palavras ditas de formas erradas, mas sim de comentários sem nexo e sem conhecimento mais aprofundado de caso.

Com isso nós percebemos o quanto a nossa sociedade do Norte Araguaia ainda não sabe exercer a sua cidadania, com esses vereadores, está refletido a dificuldade da população em eleger pessoas que realmente conhecem de Leis e que poderão defendê-las, e não apenas entrar ano e sair ano apenas na embromação, sendo “comprados” por algumas poucas palavras doces.

Está chegando 2012, mais uma vez será refeita as Câmara de Vereadores do Mato Grosso, e será que a população mais uma vez irá colocar semi-analfabetos acomodados no Poder, ou darão espaço para os Inácios Lulas da Silvas e aos Fernandos Henrriques Cardosos?

Outro assunto pertinentemente novo é a PEC 20/08 que dá autonomia para aumento de números de vereadores em algumas cidades do país, aqui no Norte Araguaia, por exemplo, Confresa e Vila Rica terão 11 vereadores, ou seja, 02 a mais dos que existem na atualidade.

Já na cidade de Sinop o aumento requerido é de novas 06 cadeiras, ou seja, dos 11 hoje existentes passarão para 17. Na capital também serão mais 06 novas cadeiras em 2013, dos atuais 19 passará para 25 no próximo pleito.

Vejo nessa PEC 20/08 um grande desrespeito com a população. tem projetos bem mais importantes para serem tratados na Câmara Federal e no Senado que estão travados desde a década de 90, e outra aumentar vereadores apesar da PEC dizer que não, vai acarretar em mais dinheiro público sendo pago para manutenção da máquina. Enquanto o povo fica a mercê, com falta de educação, saúde, cidadania, infra-estrutura, entre outros investimentos que deveriam ser prioridades.

Mas aqui no Brasil os valores realmente são invertidos, o que é prioridade é levado com a barriga. Enquanto isso os tiriricas assumem e fazem uma verdadeira lambança na pátria chamada BRASIL.

Leandro Nascimentoé jornalista no Norte Araguaia, escreve semanalmente para o Blog Prosa e Política e é editor chefe do site BBnews. Email ln.assessoria@gmail.comTwitter @Leandro_Nasc – Facebook Fan Page Leandro Nascimento.

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual