Porto Velho (RO) domingo, 18 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

OPINIÃO: Eixo equivocado da ponte sobre o Rio Madeira, que ligará PVH à Manaus


 

Por: João Serra Cipriano

O caos do trânsito de Porto Velho passou dos limites técnicos e da própria tolerância dos cidadãos. É público e notório que as autoridades ligadas ao setor já deram demonstrações suficientes de que não possuem capacidade para estarem a frente da política urbanística da Capital  e os políticos maiores, os chamados governantes,  que teriam o poder de fazer alguma coisa em favor da nossa população e do trânsito nosso de cada dia, vivem no mundo da lua ou usam as ruas e avenidas somente de madrugada, por isso é que dão entrevistas defendendo os seus subordinados.

Olha que não dá pra jogar a culpa nas obras das usinas, uma vez que, tiveram no mínimo três anos para fazer alguma coisa antes dos propagados investimentos ou projetar alternativas de vias e tráfegos para minimizar os atuais congestionamentos. A resposta que vem dos governantes é contratar fiscais e guardas para literalmente “ferrar” os motoristas com multas. A grande verdade é que os políticos com poder de resolver o atual caos dormiram no tempo, nada fizeram e que tem pagado literalmente a conta em todos os sentidos, são os motoristas, servidores públicos e comunidade de ciclistas e motociclistas, que morrem aos montes nas desordens viárias da Capital.

Como não bastasse todo esse caos do trânsito da Capital, estão agora aprovando a construção da ponte sobre o Rio Madeira, que ligará o pesado tráfego da BR-364 via perímetro urbano, ao destino da capital do Amazonas, Manaus.  Vejam caros leitores e internautas, que já vivemos o atual caos do jeito que está, e com a “decisão de jerico” ou de engenheiro de tráfego sem qualquer visão do momento de crescimento da cidade, ao jogar a ponte e mais essa carga de movimentação de veículos para o bairro da balsa, via Avenidas, Jorge Teixeira, Costa e Silva, Mamoré e Guaporé.

Pelo amor de Deus, alguém tem que fazer alguma coisa para impedir que essa ponte seja construída dentro do perímetro urbano, trazendo mais carretas com destino à Manaus, justamente para o nosso trânsito e engenharia de tráfego incompetente e caótica. “ Que tal levar essa ponte para a localidade do “Cujubinzinho” e aí,  construírem os anéis viários contornando a Capital de Porto Velho?”, Com a resposta alguém com responsabilidade técnica ou o próprio Ministério Público Estadual.

É certo que o atual eixo de movimentação de veículos projetado para a ponte sobre o rio Madeira via o perímetro urbano de Porto Velho é mais que um equivoco técnico e sim, uma assinatura de burrice, com pós graduação em incompetência de gestão pública. “Bom, para quem é acusado de copilar a sua monografia de curso universitário, qualquer outro título é lucro??.”

  • O autor João Serra Cipriano é jornalista e suplente de deputado federal pelo PSB-RO.

Mais Sobre Opinião

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual

Vagalumes nas trevas

Vagalumes nas trevas

Mas as trevas não são absolutas: há estrelas, há vagalumes, há réstias de luz