Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

O café de Rondônia no mercado internacional


Gente de Opinião

 

Sem dúvida, o café de Rondônia vai recuperar nos próximos anos o espaço que foi perdido em função da queda do volume de produção. Conforme mostra matéria produzida na edição deste fim de semana, a qualidade da produção do café conilon melhorou e aumentou, proporcionando a abertura de novos mercados.

Gente de Opinião

O produto rondoniense entrou com força nos Estados Unidos e México com uma produção de exportação que passa de 900 toneladas por ano. Trata-se de um investimento que supera cifras de US$ 2 milhões e influencia diretamente na economia de Rondônia. 

É preciso reconhecer o trabalho desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisas (Embrapa), Delegacia Federal da Agricultura, Secretaria de Agricultura do Estado e Emater. 

O Estado tem sido palco de  seminários que estão servindo para melhorar a produção em Rondônia. A presença de pesquisadores e especialistas de café que são referência no Brasil, para apresentar, na teoria e na prática, tecnologias de colheita e pós-colheita para a produção de cafés com qualidade e acessíveis aos produtores, é importante para o pequeno produtor.

Muitas das vezes, a falta de informação acaba inviabilizando o aumento da produção. 

A presença do Sebrae de Rondônia em um trabalho de parceria com os órgãos dos governos Federal e Estadual, é importante para aumentar as exportações. As feiras agropecuárias também servem de bom cenário para o conhecimento. Os produtores ganham informações e podem melhorar cada vez mais a produção com produto de ponta.

Apesar de a cafeicultura em Rondônia ser uma das principais atividades agrícolas e o Estado se destacar como o quinto maior produtor de café do País, além de ser o segundo da espécie canéfora, ainda há muito a fazer quanto à qualidade do café. É preciso despertar os agentes públicos, empresários, técnicos e produtores para a importância de se produzir café com qualidade. Rondônia tem grande potencial para a cafeicultura e precisa investir cada vez mais nos grandes produtores.

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual