Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Opinião

NOVOS VALORES


 NOVOS VALORES - Gente de Opinião

*Bandeira Filho

Respeitando as devidas proporções e sem incorrer na generalização, boa parte da sociedade brasileira vive às margens das leis. Fugindo ou procurando elidir as regras.

Este é um fato observado em todas as classes sociais: o jovem que cola, a pequena contribuição a autoridade de trânsito, a não emissão da nota fiscal. Isso se tornou regra, seja nas ruas nas escolas, nas práticas, comerciais, políticas e administrativas.

Nesse diapasão, a advocacia tem um papel preponderante na busca da recuperação da dignidade da nossa sociedade, cabendo a cada um de nós, operadores do direito, inserirmo-nos de forma efetiva nas bases sociais. Do contrário, poderemos ser apontados como omissos, por não cumprir o nosso papel, mesmo tomando consciência desta degradação moral, e de não contribuirmos de forma eficaz para, juntos, recuperamos a dignidade da nossa sociedade.

O exercício da consciência crítica se constitui em instrumento de reconhecimento das distorções inseridas na realidade do tecido social. Ou seja, ser o elo garantidor e indutor das garantias de proteção da sociedade.

Imbuídos do senso crítico, cabe a nós, advogados, fazer a distinção entre o que corresponde à valores do indivíduo e de grupos sociais ou de toda a sociedade e o que apenas reflete escolhas arbitrarias, inspirada em conveniência ou interesses particulares, sem considerações pelos demais seres humanos, por suas necessidades e por sua dignidade. Se agirmos assim, poderemos espraiar os reflexos dessa mudança de comportamento para a política, para o mundo empresarial, no direcionamento das políticas públicas, na transparência de aplicações das verbas recolhidas dos contribuintes.

A antropóloga brasileira, Manuela Carneiro da Cunha, resumiu bem a sociedade brasileira com a seguinte citação:  “entre a legislação e a prática há frequentemente um abismo, tanto maior quanto mais fraco politicamente for o segmento da população envolvida”

Hoje, existe na sociedade brasileira, um anseio, uma busca por uma nova realidade, para trilharmos novos caminhos. Assim presenciamos emergi a necessidade de uma nova convivência ética, do respeito à coisa pública, de convivermos com regras igualitárias, definidas, claras e que as mesmas sejam expressão autêntica dos valores, das necessidades e da vontade da Nação brasileira, na busca da Justiça para a conquista da paz que tanto necessitamos. 

*É advogado militante

Mais Sobre Opinião

A César o que é de César

A César o que é de César

Treze dias atrás, durante uma entrevista coletiva, o prefeito do município de Porto Velho, doutor Hildon Chaves, informou que denunciou ao Ministéri

Não haverá passaporte para antissemitismo + O Abuso com as más Notícias nos Media

Não haverá passaporte para antissemitismo + O Abuso com as más Notícias nos Media

NÃO HAVERÁ PASSAPORTE PARA ANTISSEMITISMOA Alemanha vai mudar a lei da naturalizaçãoA coligação SPD - CDU/CSU em Berlim acordou fazer uma mudança na l

Lula, o inocente!

Lula, o inocente!

Alvíssaras! O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceu mais uma batalha na justiça. Alvo da operação zelotes, Lula e seu então chefe de gabine

Rondônia na lanterna da vacinação

Rondônia na lanterna da vacinação

Quando se compara os números da vacinação contra a covid-19 em Rondônia com os de outros estados, logo se percebe a disparidade entre lá e cá. Por e