Porto Velho (RO) domingo, 25 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

MP lança edital com regulamento do 5º Prêmio de Jornalismo


 

O Ministério Público do Estado de Rondônia publicou nesta quinta-feira, dia 9 de junho, no Diário Oficial da Justiça, o edital 045/2015 que traz o regulamento do 5º Prêmio de Jornalismo. As inscrições poderão ser realizadas no período de 1º a 30 outubro de 2015. Este ano, será concedido ao vencedor do Grande Prêmio MPRO de Jornalismo, trabalho com a maior nota entre todas as categorias, um prêmio de R$ 10 mil, além de troféu e certificado. A premiação por categoria será de R$ 3,5 mil, além de troféu e certificado.
 

O 5º Prêmio MPRO de Jornalismo premiará matérias jornalísticas nas categorias Jornalismo Impresso, Jornalismo On-line, Telejornalismo e Radiojornalismo, cujas pautas estejam relacionadas ao tema “O Ministério Público do Estado de Rondônia como Guardião dos Direitos dos Cidadãos”, centradas em suas diversas áreas de atuação: infância, meio ambiente, combate às organizações criminosas, educação, entre outras.
 

Podem concorrer ao prêmio as matérias publicadas ou veiculadas em jornais, revistas, sites noticiosos, rádios e TVs no período de 22 de novembro de 2014 até o último dia da inscrição. Cada profissional poderá inscrever no máximo três trabalhos. Para cada trabalho deverá ser preenchida uma ficha de inscrição, que estará disponível no site www.mpro.mp.br, assim com o regulamento.
 

O Prêmio MPRO de Jornalismo foi criado em 2009 com o objetivo de estimular, divulgar e prestigiar, englobando ações que envolvam as competências e atribuições constitucionais do Ministério Público do Estado de Rondônia. A cerimônia de premiação dos vencedores deverá ocorrer na data provável do dia 27 de novembro de 2015.

Fonte: Ascom MPRO
 

Mais Sobre Opinião

A fogueira das vaidades

A fogueira das vaidades

O que até agora era bravata, “não é insulto, é o jeito dele”

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.