Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Opinião

Morre em São Paulo, aos 73 anos, o radialista Paulo Barboza


Gente de Opinião

O radialista Paulo Barboza morreu na madrugada desta segunda-feira (16), aos 73 anos, em decorrência de um infarto na casa dele, no Morumbi, na zona sul de São Paulo. A informação foi confirmada pelo advogado e amigo dele.

Paulo Roberto Machado Barboza nasceu no Rio de Janeiro, em 1944, e começou a carreira de radialista na Rádio Imperial, em Petrópolis.

No decorrer de sua carreira, ele passou pelas rádios Record, Globo, Tupi, América e atualmente ele tinha um programa na Super Rádio e na Rádio ABC.

O velório está previsto para as 9h desta segunda, no Cemitério Horto da Paz, na rua Horto da Paz, 191, em Itapecerica da Serra, região metropolitana de São Paulo. A cerimônia de cremação ocorre às 17h, no mesmo local.

Fonte: Portal R7

Mais Sobre Opinião

O general da banda chegou 68 anos depois - Por Alex Solnik

O general da banda chegou 68 anos depois - Por Alex Solnik

Quatro anos depois do fim do Estado Novo, a marchinha mais cantada no carnaval de 1950 foi uma composição de apenas duas estrofes assinada por três au

SÉRGIO MORO, O NOVO ALVO, A NOVA ESPERANÇA  - Por  Ana Clara Machado

SÉRGIO MORO, O NOVO ALVO, A NOVA ESPERANÇA - Por Ana Clara Machado

Ana Clara Machado*Até há poucos dias, as pessoas de bem deste país, que querem dias melhores para todos, estavam muito preocupadas com um possível ata

Boff perdoa Ciro e ensina que é possível falar com o coração e não com o fígado

Boff perdoa Ciro e ensina que é possível falar com o coração e não com o fígado

"A diferença entre Boff e Ciro é que o primeiro vive em novembro de 2018, a dois meses do Coiso tomar posse. Ciro vive em 2022", diz o jornalista Rica

O COISA-RUIM - Por Carlos Santiago Dantas

O COISA-RUIM - Por Carlos Santiago Dantas

 O COISA-RUIMCarlos Santiago DantasO velho PT continua o mesmo. Mas coisa ruim é assim mesmo. Mudar para melhor não faz parte do seu DNA. Ao em vez de