Porto Velho (RO) sábado, 24 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Kotscho: governo torrou R$ 15 bilhões numa reforma fracassada


Kotscho: governo torrou R$ 15 bilhões numa reforma fracassada  - Gente de Opinião

247 - O jornalista Ricardo Kotscho afirmou nesta sexta-feira, 15, que as articulações referentes à votação da proposta de reforma da Previdência, adiada para 19 de fevereiro, consumiram R$ 15 bilhões dos cofres públicos em agrados a parlamentares, governadores e prefeitos.

"Mais do que isso: custou-nos um ano inteiro de tempo e trabalho perdidos nas negociações entre o governo e o Congresso. Tudo isso para quê? Para nada. Da economia esperada com a reforma de cortar R$ 800 bilhões em dez anos, sobrou algo em torno de R$ 450 bilhões _ isto se até fevereiro não fizerem novos puxadinhos no remendo que sobrou", diz Kotscho. 

O jornalista destaca que participou desta "farsa toda a grande mídia", que gastou toneladas e toneladas de papel e tempo de TV em defesa da reforma, apresentada como a salvação da lavoura do ajuste fiscal, deixando ao fim um rombo fiscal de R$ 159 bilhões este ano.

"O papel mais grotesco ficou para o PSDB, que passou o ano todo ameaçando desembarcar do governo e fez de conta que 'fechou questão' a favor da reforma, para no fim do baile sair como o grande paladino do funcionalismo público, ao defender os privilégios dos servidores contratados antes de 2003", diz ele. 

"Entramos assim no ano eleitoral, com o governo, a mídia e o mercado incapazes de encontrar um candidato competitivo para enfrentar Lula. Só restou um jeito: tirá-lo do jogo o quanto antes, não importa como. Ou jogar todas as suas fichas e recursos no inacreditável capitão Jair Bolsonaro, como fizeram com Fernando Collor em 1989", acrescenta. 

Leia o texto na íntegra no Balaio do Kotscho.

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.