Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Julio Olivar e a reforma do Cláudio Coutinho...


Julio Olivar e a reforma do Cláudio Coutinho... - Gente de OpiniãoNo ano de 2012, exatamente no dia 02 de janeiro, o dublê de secretário da educação prometeu uma verdadeira revolução na educação. Claro que nada foi cumprido, pois não se pode tirar leite de pedra!! Do mesmo modo, não se pode dar crédito às promessas vindas de Olivar, quando o assunto é educação. Ele não conhece o assunto, não conhece o estado e não conhece a SEDUC, onde vários de seus assessores tentam derrubá-lo para ficar com seu cargo.

Para que o leitor possa lembrar das promessas feitas, e que nunca foram cumpridas, basta ler o que foi publicado na imprensa pelo próprio dublê de secretário na data epigrafada: “Ações inovadoras serão efetivadas como o novo plano de carreira, cargos e remuneração para os trabalhadores da educação; a climatização de todas as salas de aula, a implantação da educação em tempo integral; a realização dos maiores jogos escolares da história; a implantação do ensino médio renovador; a construção de novas escolas e mais qualidade e melhorias nas condições de trabalho e estudos de todos. Essas são algumas das ações que o governo do Estado já inicia o novo ano executando.”( todos os erros gramaticais da parte em negrito são da assessoria de Olivar, pois não mudei nada)

Todas essas promessas foram feitas no segundo dia do ano. Se Olivar disse que iniciaria o ano executando, e até hoje não executou nada disso, como acreditar que ele fará a reforma do ginásio? Como a grande maioria de seus assessores do alto escalão, os mesmos que me dão informações, querem derrubar o chefe (espero que consigam em breve), também não se pode garantir que ele ficará no cargo muito tempo. Caso o governador fosse ouvir os professores, duvido que o manteria no cargo. Claro que o dublê de secretário não merece cair sozinho. Com ele também deveriam cair as pessoas que respondem pela contratação de professores, pois este serviço é de péssima qualidade e só contrata, preferencialmente, quem não tem formação. É uma vergonha a forma como é feita a contratação pelo sistema de “teste seletivo”, pois a pessoa que responde por este setor não tem a menor responsabilidade com a coisa pública e muito menos com a  imagem do governador, que a cada dia fica mais arranhada por tantas coisas mal feitas. Muito mal feitas mesmo!!

A reforma do ginásio Cláudio Coutinho é apenas mais uma promessa de ocasião. Ao participar de uma atividade sobre a prática esportiva dos estudantes, ele prometeu reformar o ginásio. Então, vejamos outros fatos: quando foi começar o ano letivo, ele prometeu as reformas das escolas; quando publiquei opiniões sobre seus atos como secretário, teria mandado investigar minha vida, fato que constatei pelos comentários de seus asseclas nos sites, pois sabem até o número de irmãos que tenho. Burrice, não é? Como o governo gosta de pagar passeios internacionais para Mangabeira Unger, guru de Júlio Olivar, daqui a pouco, numa visita a Roma, o dublê de secretário vai  prometer a Joseph Ratzinger   a reforma do Vaticano e “ações inovadoras” para melhorar a capital italiana...

Lamentável que ainda haja pessoas defensoras deste rapaz, uma vez que os atos de amadorismo são muito evidentes. A SEDUC promete implantar em agosto o tal “Ensino Médio Inovador”, porém até hoje não apresentou aos professores, nem aos alunos e pais de alunos, nenhum documento concreto sobre esta ideia. Somente Mangabeira e Olivar sabem o que é isto. Considerando que pessoas sem terminar a faculdade estão sendo contratadas para “inovar”, com certeza, teremos muitos problemas na educação que eles querem “revolucionar”, visto que os formados não conseguem resolver as coisas. Imaginem os “selecionados” por Olivar e sua turma!!!

Diante de tantos problemas e de tantas promessas não cumpridas, sugiro aos usuários do ginásio Cláudio Coutinho que não se iludam com este “colóquio flácido para acalentar bovino”, pois a prática esportiva, com certeza, não está entre as prioridades dessa turma, tanto que em 2011 nem houve os jogos escolares do estado de Rondônia... Precisa mais que isso? Tenho dito!

FRANCISCO XAVIER GOMES
Professor da Rede Estadual

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual