Porto Velho (RO) segunda-feira, 30 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

FOLLADOR FALA DE CULTURA E DE CASSAÇÕES NA ASSEMBLEIA


FOLLADOR FALA DE CULTURA E DE CASSAÇÕES NA ASSEMBLEIA - Gente de Opinião

Em entrevista ao programa Tempo Real da TV Candelária, no Cafezinho de Prosa, com Leo Ladeia, ontem (19), o deputado Adelino Follador (DEM) contou história, falou de cultura e de política, em especial do trabalho da Comissão Processante da Assembleia Legislativa, que analisa, julga e pode cassar mandatos de deputados.

Sobre a questão política que envolve o trabalho da Comissão Processante, o parlamentar disse que é um trabalho grandioso, mas que já está bem adiantado, e que vai observar o devido processo legal, de modo que a todos que se acharem prejudicados, seja assegurado o amplo direito de defesa, como prescreve o texto constitucional.

Indagado por Leo Ladeia se algum deputado será cassado, Adelino Follador disse que o resultado do julgamento refletirá aquilo que ficar materializado nos autos do processo, e se a defesa não for convincente, o resultado certamente deve ser a cassação, disse lembrando que ainda falta ouvir algumas pessoas, entre eles o “Beto Baba” e Fernando da Gata, que estão presos.

Follador disse também que o processo ainda está aberto à recepção de algumas defesas, e que só após a análise dessas defesas é que o relator, deputado Luiz Cláudio, vai fechar o relatório com parecer conclusivo para decisão da comissão. “No que me diz respeito, o que posso afirmar é que não vou decepcionar meus eleitores, pois acho que todos devem responder pelos seus atos, e aquele que for considerado culpado certamente vai enfrentar a cassação”.

FOLLADOR FALA DE CULTURA E DE CASSAÇÕES NA ASSEMBLEIA - Gente de Opinião

HISTÓRIAS DE RONDÔNIA

A entrevista com Leo Ladeia teve contornos muito interessantes, pois revelou fases e aspectos da vida do gaúcho de Barão do Cotegipe, que poucas pessoas conheciam. Follador, que desembarcou em Ariquemes em 1977, foi um dos precursores dos movimentos culturais de Rondônia, e em Ariquemes foi um dos fundadores dos primeiros grupos de teatro do Estado, tendo recebido todo incentivo do governador Jorge Teixeira para apresentações, inclusive fora do Rondônia.

Ele lembrou que todo esse trabalho, na verdade, sempre foi muito bem articulado e liderado pelo professor e artista João Pedro, de Ariquemes, que teve toda a preocupação para manter viva a iniciativa e a formação de novos artistas, ”o que faz com maestria até hoje em Ariquemes”.

Seu envolvimento com as causas sociais, com a vida política, na verdade, começou com o trabalho que realizava com os jovens nos grupos de oração da Igreja, jovens esses que mais tarde formaram o JUAR (Jovens Unidos de Ariquemes), que revolucionaram o ambiente social da então pequenina Ariquemes.

O JUAR, pelo alcance do trabalho que realizava no âmbito social, veio ser mais tarde o embrião do JDS (Juventude Democrática Social) movimento político criado pelo governador Jorge Teixeira, que escolhia pessoalmente os líderes de cada região. Adelino Follador foi a liderança escolhida por Teixeirão para Ariquemes.

Enquanto batia papo com Leo Ladeia, Follador mostrou uma foto antiga desse tempo, que reunia essas lideranças, e ali destacava também a figura de um jovem entusiasta, o hoje advogado João Wilson Gondim, que compareceu ao programa a convite de Leo Ladeia, pra matar a saudade.

Por fim, Adelino Follador falou um pouco de sua vida política, lembrando a experiência de ter sido vereador em Ariquemes na segunda legislatura, prefeito por três mandatos em Cacaulândia, e agora deputado estadual, que vai para a reeleição.

Fonte: Ascom

 

Mais Sobre Opinião

Sua Excelência a abstenção

Sua Excelência a abstenção

Independente de quem saía consagrado das urnas no segundo turno do pleito para a prefeitura de Porto Velho (Hildon Chaves ou Cristiane Lopes), certo

A cidade foi a grande ausente no debate

A cidade foi a grande ausente no debate

Se o Ibope estiver certo em sua aferição, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) vai permanecer por mais quatro anos no comando do município de Porto Velho

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1