Porto Velho (RO) domingo, 29 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Fique de olho na promessa dos eleitos


Por Pedro Luiz Rodrigues

Em alguns municípios escassamente povoados deste nosso imenso País, um grande número de pessoas decidiu disputar a Prefeitura. Não há dúvidas, portanto, de que os vencedores são políticos hábeis, capazes de levar suas municipalidades a um futuro mais próspero e feliz. Por enquanto, como ainda não assumiram, vamos ver o que prometeram em suas campanhas:
 
Boa Vista dos Ramos, fica perdido lá no meio do Estado do Amazonas, com seus 14 mil habitantes muito laboriosos. Terá certamente alguma coisa de doce no ar, de doce americano, marshmallow, pois além de atrair sete candidatos a prefeito nas últimas eleições (um para cada dois mil boavistenses), contou com dois deles que bem poderiam estar disputando um cargo na Georgia: Almir Freedom e Jimmy Carter.
 
O Freedom, empresário, teve voo curto, suas asas foram podadas pelo TRE. Jimmy Carter Santarém Barroso, músico de qualidade, não emplacou por escassez de votos. Venceu o brasileiríssimo Dr. Amintas, do PMDB, médico querido na região. Tem boas intenções e sua proposta de governabilidade tem muita objetividade de verdade: “transformar a potencialidade em realidade gerando prosperidade e melhorando a qualidade de vida de nosso caboclo”. Boa sorte, Dr. Amintas.
 
Canaã dos Carajás, no interior do Pará, tem 27 mil habitantes. Para governá-los entraram na disputa Anísio, Itamar, Jeová, Marilda, Osni, Raimundo e Valdemar. Também sete candidatos, um para cada quase quatro mil almas. Jeová Andrade brilhou, vencendo a disputa com 58% dos votos. Jeová, em Canãa, uma conexão bíblica. O lugar é próspero, está lá presente a Vale – dona da Mineração da Serra do Sossego – na extração de cobre. O pemedebista mostra que chegou para lutar. Ele mesmo definiu seu programa de governo como bastante ambicioso: “para além da ação municipal, trabalharemos de forma articulada com outras esferas de poder, independentemente de quem esteja à frente do governo federal e estadual”. Vale Jeová, que seu xará lá de cima o ilumine e guarde.
 
Caseara, no Tocantins, foi outra cidade que contou com sete candidatos na disputa pela Prefeitura (além de outras 73 pessoas querendo o trabalho árduo de uma vereança), a despeito da rala população, apenas 4 mil habitantes. Talvez tanto interesse nos cargos se deva à beleza da região. Tem o parque estadual do Cantão, um santuário de vida silvestre, no entorno da Ilha do Bananal. Para não falar das lindas praias: Fogoió, Travessão e Paredão. Renato Almeida, do DEM, foi o vencedor. Seu programa de governo, depositado no TRE, tem muitas páginas de boas intenções. Entre as centenas de propostas, algumas pitorescas, como a da criação do programa “Esporte na Roça”; outras de grande expressão moral: “coibir qualquer prática de nepotismo, inclusive aquelas cruzadas e veladas” e o “não às obras supérfluas e superfaturadas”. O problema, quanto ao item do nepotismo, é que com tão rala população, deve ser difícil encontrar alguém que não seja parente do outro, ainda que de terceiro grau.
 
Em Goiás, só encontrei na lista do TRE uma cidade que teve de início sete candidatos a prefeito (depois a lista foi encolhendo, por conta de renúncias e impugnações, sobrando apenas quatro na disputa final). Trata-se de Santa Rita do Novo Destino, pujante urbe situada no Vale do São Patrício, com pouco mais de 3 mil habitantes. Fabim do Pombo levou a prefeitura de lavada, com 832 votos (52% do total de eleitores). De todos os programas que pude examinar, foi o mais enxuto, apoiando tudo o que faz sentido, deixando de lado o que não faz. Só acho que exagerou quando propôs o reforço à industrialização. Com tão pouca gente, não dá, Fabim.

Fonte: Blog do Claudio Humberto
 

Mais Sobre Opinião

A cidade foi a grande ausente no debate

A cidade foi a grande ausente no debate

Se o Ibope estiver certo em sua aferição, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) vai permanecer por mais quatro anos no comando do município de Porto Velho

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o