Porto Velho (RO) sexta-feira, 23 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Feliz Ano Novo


Dom Milton Kenan Junior
Bispo de Barretos (SP)

O início de um Novo Ano é sempre uma ocasião para renovarmos as esperanças e darmos vazão à alegria! Neste clima, desejamo-nos uns aos outros: “Feliz Ano Novo!”. Sim, o desejo que alimentamos ao iniciar um Novo Ano é o desejo de felicidade e de paz para todos os seus dias.

A felicidade é o sonho que acalentamos, é a meta que esperamos um dia alcançar, é o único bem que desejamos possuir, na espera que jamais se acabe. Nada mais oportuno que, ao iniciar um Novo Ano, desejarmo-nos mutuamente: “Feliz Ano Novo!”.

É bom que nos perguntemos, porém, o que é que faz feliz a nossa vida, o nosso tempo, os nossos anos? Pois muitas vezes, convenhamos, corremos o risco de trocar a felicidade por uma alegria supérflua.

Onde está aquela felicidade capaz de dar aos nossos dias a paz, a prosperidade, a harmonia e a alegria duradoura?

Creio que a resposta não é difícil de encontrar se tomamos em nossas mãos o Evangelho, no qual Jesus proclamou felizes os pobres em espírito, os mansos, os puros de coração, os sedentos e famintos de justiça, os misericordiosos, os perseguidos por causa da justiça (cf. Mt 5, 1-12).

Através dos diversos termos, Jesus diz que a felicidade é possível quando somos capazes de fazer do bem a razão da nossa existência.

Feliz é quem acredita que o bem, por mais frágil e simples que for, supera de longe o mal que existe entre os homens e mulheres deste mundo.

Feliz é quem está mais atento ao bem que pode oferecer do que aquele que pode receber.

Feliz é quem é capaz de pagar ao mal com o bem.

Feliz é quem não espera pelo amanhã para praticar o bem que pode fazer hoje.

Feliz é quem acredita que o menor gesto de bem é muito mais valioso que os pensamentos e as intenções que traz no coração.

Feliz é quem descobre que o bem que semeamos ao nosso redor, com os que convivemos e estão ao nosso lado, é capaz de transformar o mundo inteiro.

Feliz é quem crê que Deus é Bondade Absoluta e que por isso ninguém pode em seu nome matar e destruir a vida e a felicidade dos outros.

Feliz é quem descobre que o bem que podemos realizar pelos outros é o segredo da própria felicidade.

A todos a quem chegar esta mensagem, quero desejar um FELIZ ANO NOVO!!! Lembremo-nos que a felicidade depende do bem que realizamos e proporcionamos aos nossos semelhantes! Não nos esqueçamos que a felicidade que desejamos para este Novo Ano depende de nós!

FELIZ ANO NOVO!!!

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.