Porto Velho (RO) domingo, 7 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Artigo

Estamos aprendendo abraçar à distância


Estamos aprendendo abraçar à distância - Gente de Opinião

O Dia do Abraço, celebrado mundialmente no dia 22 de maio, vai ser comemorado de forma diferente, mas nem por isso vamos deixar de falar dele, principalmente em tempos de isolamento social. 

O isolamento social, adotado como medida principal para diminuir o número de contaminados pela Covid-19, fez com que as pessoas de todo o mundo aprendessem o valor de um ABRAÇO. O gesto simples, mas enérgico, permitido até pouco tempo atrás, era muitas vezes esquecido por conta do corre-corre do cotidiano. Isso sem contar com o aumento do número de pessoas que passaram a fazer uso exagerado da tecnologia e trocaram o contato físico pelas mensagens digitais.

E nessas situações de anormalidade, como a que estamos convivendo, têm como ponto positivo o fato de oferecer a oportunidade de reflexão. A vida está mais complicada. Tem que ficar em casa, quando dá; tem que lavar as mãos, sempre, e tem que ter medo de gente, pois o vírus, invisível, pode estar no meio da conversa.

Então, verificando por este viés, ninguém deve se culpar pelos abraços que não deu e sim se preparar para abraçar muito quando tudo isso passar.

Um abraço faz bem, alivia num momento de tensão e, quando nada mais ajuda ou resolve, solta as lágrimas de raiva ou de tristeza. Acalanta, alivia, restaura, mata saudades, cria sentimento, troca de energia pura e simples.

E nos dias de hoje como abraçar? Se estamos cada vez mais isolados de corpos? A intenção está quebrada ao meio. Sem prazo para se concretizar. O que fazer?

Temos que aprender a abraçar com o pensamento.

O pensamento e a vontade criam outros braços e todos se sentem abraçados por nós da mesma forma. Abraços invisíveis ao olhar material, mas muito mais carregados de sentimentos gerados pela ausência física. São forças que ainda conhecemos pouco e que nos surpreenderão quando as tivermos entendido melhor.

É assim, nos dias de pandemia!

 

 

*Mestre em Letras, Secretária Executiva do Conselho Regional de Medicina do estado de Rondônia - Cremero

[email protected]

69 9 9315-1829

Endereço para acessar o CV: http://lattes.cnpq.br/0631273529100177

Mais Sobre Artigo

Cartas de Amor

Cartas de Amor

Para nós que vivenciamos, há muitos anos, o mundo da literatura, é sempre motivo de orgulho e satisfação perceber o brilho nos olhos de um neófito d

A Alemanha elaborou um pacote de estímulo económico gigantesco  de 130 mil milhões de euros

A Alemanha elaborou um pacote de estímulo económico gigantesco de 130 mil milhões de euros

O Governo reduz o IVA de 19 para 16% e indemniza Empresas… A Coligação governamental alemã (CDU/CSU-SPD) reage à cries do Covid-19 aprovando um so

A entropia e a sinergia dos negócios em tempos de pandemia

A entropia e a sinergia dos negócios em tempos de pandemia

Na física temos um termo chamado entropia, que decorre de uma lei da natureza, onde todas as formas de organização caminham para a desorganização e

Entre o discurso e a prática

Entre o discurso e a prática

Entre as mais relevantes atribuições da Câmara Municipal de Porto Velho destacam-se a sua competência para cassar o prefeito municipal, legislar sob