Porto Velho (RO) segunda-feira, 28 de maio de 2018
×
Gente de Opinião

Opinião

Acadêmicos do Tatuapé é bicampeã do carnaval de SP


Da Agência Brasil
Gente de Opinião

Escola venceu segundo título seguido com enredo sobre o MaranhãoDivulgação/LigaSP

A escola de samba Acadêmicos do Tatuapé foi a grande campeã do carnaval de São Paulo pelo segundo ano seguido. A escola apresentou na avenida o enredo Maranhão, os Tambores vão Ecoar na Terra da Encantaria, que contou a história do estado a partir das particularidades de seu povo, da riqueza cultural e das belezas naturais.

A capital São Luís mereceu tratamento especial, com destaque para a arquitetura singular, que une o casario colonial adornado de azulejos às habitações populares típicas.

A escola surgiu em 1952, com o nome Unidos da Vila Izabel. Chegou ao terceiro lugar do carnaval em 1969 e 1970, mas em 1986 encerrou as atividades por cinco anos.

Em 1991, a escola iniciou um processo de resgate que incluiu a sucessiva promoção pelos diversos grupos do carnaval até retornar ao Grupo Especial em 2004. Caiu em 2006 e retornou à elite em 2013 para permanecer de vez.

Em 2017, a agremiação havia vencido o carnaval paulistano com o enredo Mãe África Conta a Sua História: do Berço Sagrado da Humanidade à Abençoada Terra do Ouro.

As notas foram lidas nesta tarde no Sambódromo do Anhembi. A vice-campeã foi a Mocidade Alegre com um enredo sobre a cantora Alcione. Celebrando os 70 anos da “Marrom”, o samba-enredo Alcione: a Voz Marrom Que Não Deixa o Samba Morrer cantou a origem maranhense e diversas facetas da artista, como sua ligação com a escola de samba Mangueira, do Rio de Janeiro, além da participação da cantora na luta contra a ditadura.

Na última e penúltima colocação, as escolas Unidos do Peruche e Independente Tricolor foram rebaixadas para o Grupo de Acesso.

O desfile das campeãs será na sexta-feira (16).

Mais Sobre Opinião

Tereza Cruvinel: “Temer zerou a credibilidade e ficou refém do Congresso”

Tereza Cruvinel: “Temer zerou a credibilidade e ficou refém do Congresso”

“neste quadro político piorado, o governo zerou a credibilidade e ficou completamente refém do Congresso. A conta alta vem aí, apontando para o fundo

Sidney Rezende: permanência de Parente passou a ser um problema

Para o jornalista Sidney Rezende, “radicais incutiram na cabeça de muitos brasileiros que governos de centro-esquerda nos levariam a uma venezuelizaçã

Santíssima Trindade: mistério central da fé e da vida cristã

Dom Cipollini ressalta que é preciso aprender a viver a unidade na diversidade unidos pelo amor. “Viver a Trindade é a partir da fé abater tudo o que

HUMILHAR-SE, PAGAR, SER ENGANADO - Por Carlos Brickmann

O caro leitor se preocupa com as negociações entre Governo e líderes dos caminhoneiros grevistas? Preocupe-se mais: é tudo pior do que parece.