Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

84% discordam da postura de Gilmar no STF


84% discordam da postura de Gilmar no STF - Gente de Opinião

247 - A atuação do ministro Gilmar Mendes no Supremo Tribunal Federal (STF) é reprovada pela grande maioria dos brasileiros: 84,1%. É o que mostra levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, realizado entre os dias 2 e 5 de setembro deste ano. Os números mostram que 10,1% dos entrevistados aprovam a atuação do ministro e 5,8% não opinaram ou não sabem .

O universo da pesquisa consiste em brasileiros com 16 anos ou mais. Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.502 brasileiros. A pesquisa foi realizada a partir de questionário ONLINE, (encaminhados à base cadastrada do Grupo Paraná Pesquisas), entre os dias 02 e 05 de setembro de 2017 e aplicada nas cinco regiões do Brasil: Norte, Centro-Oeste, Sudeste, Sul e Nordeste.

A maior rejeição a Gilmar Mendes, com 91,5%, está entre os entrevistados com escolaridade de nível superior. O ministro é mais rejeitado na Região Nordeste, com 88,5%.

Polêmica

Nomeado por Fernando Henrique Cardoso em 2002, Gilmar Mendes é conhecido por colecionar polêmicas e pela relação estreita com tucanos e Michel Temer. Foi dele o voto que absolveu a chapa Dilma-Temer, de 2014, no julgamento no TSE sobre irregularidades na última campanha presidencial.

Durante o governo de Dilma Rousseff, Gilmar foi crítico intenso do PT, que para ele queria se "eternizar no poder". 

Neste ano, virou manchete na imprensa por soltar o empresário Eike Batista, preso por corrupção ativa.

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual