Porto Velho (RO) domingo, 7 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Visando economia nas contas públicas, Prefeitura de Vilhena reduz pessoal e diversos gastos durante pandemia

Diminuição nos gastos também envolve corte em gratificações e congelamento de recursos em geral


ECONOMIA NA PREFEITURA garante foco nos investimentos em Saúde durante calamidade - Gente de Opinião
ECONOMIA NA PREFEITURA garante foco nos investimentos em Saúde durante calamidade

Diversas medidas de redução de gastos estão sendo tomadas pela Prefeitura de Vilhena desde que os casos suspeitos do novo coronavírus começaram a aparecer na cidade, há quase 60 dias. As ações serão intensificadas neste momento de agravamento da disseminação da covid-19 no município. Já foram feitas exonerações, cortes de gratificações, corte de auxílio transporte, congelamento de novas compras, suspensão de contratos, de diárias e de conversão de direitos em pecúnia. 

“Estamos tomando várias medidas importantes, inclusive com exonerações de cargos comissionados, para garantir que se tenha recursos para o combate à pandemia mundial do novo coronavírus em Vilhena. Nossa cautela salvará vidas. A diminuição nos gastos, em outras áreas que não a Saúde é, inclusive, recomendação do Tribunal de Contas do Estado, conforme já divulgamos no fim de março. Diversos gastos que estavam previstos foram suspensos para que possamos focar na Saúde como prioridade total”, explica o prefeito Eduardo Japonês. 

Atualmente uma comissão da Prefeitura estuda todo o orçamento do município para emitir, nos próximos dias, parecer sobre aquilo que poderá ser mantido e o que deverá ser suspenso durante o período de calamidade pública em Saúde. 

Durante esta semana mais medidas de cortes serão adotadas para que, junto da Câmara de Vereadores, o poder Executivo municipal consiga reunir o máximo de recursos para a compra de respiradores, equipamentos de proteção individual, leitos e demais materiais necessários ao aumento da capacidade de combate à pandemia. 

Atualmente Vilhena conta com 36 leitos na Central de Atendimento à Covid-19, sendo 26 de enfermaria comum e 10 de UTI com respiradores. Nos últimos dias foram entregues mais quatro respiradores pela cooperativa Sicoob Credisul, que servirão de suporte para retaguarda, caso a Central receba muitos pacientes. Há também estoque de equipamentos de proteção individual para várias semanas e mais compras para a Saúde sendo feitas.

Mais Sobre Municípios

Nota de Pesar do Sistema Fecomércio RO - Falecimento do vereador Pastor Edésio Fernandes

Nota de Pesar do Sistema Fecomércio RO - Falecimento do vereador Pastor Edésio Fernandes

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia - Fecomércio/RO, lamenta o falecimento do vereador do município de Porto V

NOTA PÚBLICA -  Suspensão do transporte coletivo urbano em Porto Velho

NOTA PÚBLICA - Suspensão do transporte coletivo urbano em Porto Velho

Em cumprimento ao Decreto Estadual N. 25.113, de 5 de junho de 2020, que decreta medidas temporárias de isolamento social restritivo visando a contenç

Nota de Pesar da Embaixada São Paulina Rondônia - Falecimento do vereador Edésio Fernandes

Nota de Pesar da Embaixada São Paulina Rondônia - Falecimento do vereador Edésio Fernandes

A Embaixada São Paulina Rondônia manifesta profundo pesar pelo falecimento do vereador de Porto Velho/RO, Pastor Edésio Fernandes da Silva (51), ocorr

Prefeito Hildon Chaves lamenta o falecimento do vereador Pastor Edésio Fernandes

Prefeito Hildon Chaves lamenta o falecimento do vereador Pastor Edésio Fernandes

É com profundo pesar e consternação que recebi a notícia do falecimento do vereador Pastor Edésio Fernandes, ocorrido na tarde desta sexta-feira (05),