Porto Velho (RO) terça-feira, 26 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Usina de asfalto quente do Governo começa a funcionar em Ji-Paraná


 

A instalação da Usina de CBUQ em Ji-Paraná, de acordo com o governador, tem como foco principal o asfaltamento 50 km de ruas na cidade, e também para atender os municípios da região. 

Confúcio assegura que o governo do Estado transformará Ji-Paraná num canteiro de obras. Citou como exemplo as obras em andamento do projeto Canais da Cidadania, na revitalização e urbanização do Córrego Pintado, que receberá espaços para práticas esportivas e lazer.

“Também vamos asfaltar o Anel Viário do município, uma das principais reivindicações da população local. A pista do aeroporto será totalmente recuperada. Essas são apenas as obras por parte do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER)”, frisa o chefe do Executivo estadual.


Entre os benefícios para a cidade, o governador destacou a geração de empregos que as obras oferecerão aos moradores. Segundo Confúcio, todos ganharão com essas obras. “Os comerciantes poderão vender mais e o município passar a arrecadar mais. Nossos netos poderão gozar dos benefícios hoje executados, acrescenta.

Investimento e obras econômicas

O diretor-geral do DER, engenheiro Lucio Mosquini, frisa que a estrutura (máquinas e equipamentos) da usina gira em torno de R$ 5 milhões de investimento do Governo. Mosquini ressalta que a economia que será gerada no asfaltamento de 50 km de ruas na cidade paga toda a estrutura montada e ainda sobra dinheiro.

De acordo com os cálculos do engenheiro, o asfaltamento das ruas em Ji-Paraná custaria cerca de R$ 25 milhões. “Como o DER tem usina própria, comprou todo o material asfáltico e executará a obra com servidores próprios, o custo será de aproximadamente R$ 12 milhões”, explica. O diretor salienta, ainda, que toda a estrutura da usina é móvel e posteriormente atenderá outros municípios.


 
 
 
Gente de Opinião

Prefeitura também economiza

Durante a inauguração, o prefeito Jesualdo Pires disse que a instalação da Usina de CBUQ em Ji-Paraná é um orgulho para sua administração. Jesualdo citou a dificuldade que estava enfrentando para conseguir massa asfáltica para fazer tapa-buracos na cidade.

“Estávamos pegando asfalto em Rolim de Moura. A caçamba levava cerca de três horas para ir, outras duas horas para aguardar o carregamento e mais três horas para retornar. Praticamente um dia inteiro, sem contar o custo elevado. Agora, estamos utilizando a estrutura do DER e economizando cerca de 50% desses custos, detalha o prefeito.

O senador Acir Gurgacz frisa que o governador Confúcio não está realizando obras eleitoreiras, mas sim um trabalho de qualidade, resultado de dois anos de planejamento. Segundo o senador, obras ruins são coisas do passado.

Fonte: Nilson Nascimento
Fotos: Nascimento

Mais Sobre Municípios

Professores de Rolim de Moura são homenageados com Moção de Honra e Reconhecimento

Professores de Rolim de Moura são homenageados com Moção de Honra e Reconhecimento

Na manhã de segunda-feira (25), a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) em parceria com a Câmara de Vereadores em nome da Prefeitura de

Prefeitura e Saae participam da 3ª Semana das Engenharias na Fimca de Vilhena

Prefeitura e Saae participam da 3ª Semana das Engenharias na Fimca de Vilhena

Nesta segunda-feira o prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês, e o diretor geral do Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (Saae), Faiçal Akkari, particip

Obras de saneamento recebe visita técnica do Conselho Municipal de Saneamento Básico de Ariquemes

Obras de saneamento recebe visita técnica do Conselho Municipal de Saneamento Básico de Ariquemes

Na tarde da última quinta-feira (22.10), representantes do Conselho Municipal de Saneamento Básico de Ariquemes, realizaram uma visita técnica às ob

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

O bom momento econômico de Vilhena fica evidente com relatórios emitidos pelo Ministério do Trabalho (MTE) e pela Secretaria Municipal de Fazenda (S