Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Produção de mudas de bananeiras em União Bandeirantes


Será no próximo dia 13, sexta-feira, a inauguração da Escola de Produção de Mudas de União Bandeirantes. O projeto está sendo desenvolvido pela Cooperativa dos Produtores Agroestrativistas do distrito em parceria com a Prefeitura de Porto Velho, Sebrae/RO, e Emater. A meta na fase de implantação é produzir 50 mil mudas de bananeiras. “Vamos trabalhar primeiro com a banana porque esta é uma cultura forte na região. A ideia é fomentar a produção para incrementar a renda dos cooperados. Mas futuramente, pretendemos diversificar a produção de mudas e trabalhar com outras culturas também”, adiantou o administrador do distrito, Aparecido de Oliveira.

Aparecido disse ainda que a escola terá um regime diferenciado dos estabelecimentos de ensino tradicionais e o foco será a família dos produtores rurais associados à cooperativa, que além de mudas, também trabalharão com viveiros. Com a expansão do projeto prevista para as etapas seguintes, o administrador de União Bandeirante adiantou que o próximo foco será a produção de mudas árvores e árvores frutíferas.

De acordo com informações da Embrapa, a banana ocupa, no Brasil, o segundo lugar em volume de frutas produzidas, perdendo apenas para a laranja. Assim como acontece em outros estados, em Porto Velho, o produto é cultivado predominantemente em pequenas propriedades, mas sendo de grande importância por fixar o homem no campo e gerar emprego e renda, especialmente para as camadas carentes da população e com menor grau de qualificação.

O produto, hoje no município, assume importância essencialmente como alimento de consumo interno, onde participa da dieta alimentar de todas as classes sociais e faixas de idade, sendo consumida, em especial in natura ou em forma de doces e passas, além de assada, frita e cozida, vendida em estabelecimentos comerciais e nas esquinas da cidade.

Outra vantagem, é que as recomendações de identidade e sanidade vegetal vigentes no Brasil têm incentivado o desenvolvimento de sistemas de produção que permitam um maior controle fitossanitário. Isso abriu espaço para o surgimento de um novo mercado, o de produção de mudas certificadas. Este pressupõe o emprego de métodos e tecnologias de produção que garantam a obtenção de mudas com o padrão de qualidade pré-estabelecido para uma determinada espécie ou cultivar.

Fonte: Joel Elias
 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce