Porto Velho (RO) domingo, 11 de abril de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Polícia Ambiental recupera mata ciliar nos Igarapés


O Batalhão de Polícia Militar Ambiental começou o programa de reflorestamento dos igarapés e educação ambiental entre os moradores das comunidades atingidas pelas enchentes. O trabalho teve início no canal do Tancredo Neves, localizado no bairro Socialista. No total, foram plantadas 50 mudas de Sobrasil, 35 mudas de Ipês e 15 mudas de freijo.

A degradação das nascentes e poluição dos igarapés foi o principal objetivo que levou o Ministério Público Estadual a tomar a iniciativa de convidar os órgãos municipais e estaduais responsáveis pela preservação ambiental, a trabalharem em conjunto, visando à desobstrução de todos os canais localizados na área urbana da capital.

O sargento Valtir Pereira da Silva relatou a atual degradação dos mananciais, destacando as contaminações por esgoto in natura, creditando ao município a falta de fiscalização dos casos de fossas estouradas, derramamento nas vias públicas, as ligações de fossas nas galerias pluviais e as de ligações diretas para o meio fio, sendo tudo carreado para os canais fluviais.

Após duas reuniões realizadas no Ministério Público, comandadas pela promotora do Meio Ambiente, Priscila Matzenbacher Tibes Schmidt, envolvendo secretarias municipais, Ong´s, Polícia Militar Ambiental, Ministério Público, OAB e as Faculdades São Lucas, Faro, Uniron e Ulbra, as prioridades foram definidas, ficando a Prefeitura, através da Semob e Semusp e Semfaz responsável pela limpeza dos igarapés, começando pelo Canal do Tancredo Neves por ser considerado o que mais atinge a população, devido as enchentes, devendo agir de forma contínua, até atingir todos os canais do município, cabendo aos demais órgãos total apoio nas atividades.

O Batalhão Ambiental juntamente com a Sema ficaram responsáveis pelo acompanhamento das atividades, realizando ainda educação ambiental com as comunidades atingidas e notificação dos casos necessários, cabendo ainda ao BPA, o replantio de árvores nos locais apropriados, induzindo a comunidade a participar e cuidar das áreas trabalhadas.

O major Josenildo Jacinto do Nascimento, comandante do Batalhão Ambiental, que coordenou o plantio das mudas, ressaltou que o órgão ambiental começou um levantamento dos comércios que funcionam de forma indevida nas margens dos igarapés.


Fonte: Lenilson Guedes

Mais Sobre Municípios

Transporte Coletivo: tarifa zero começa a valer em Porto Velho neste sábado (10)

Transporte Coletivo: tarifa zero começa a valer em Porto Velho neste sábado (10)

O prefeito Hildon Chaves assinou, na quinta-feira (8), o Decreto nº 17.241/2021, que regulamenta a Lei nº 2.797 de 6 de abril de 2021, que estabele

Ribeirinhos afetados pela subida do nível do rio Madeira recebem assistência

Ribeirinhos afetados pela subida do nível do rio Madeira recebem assistência

Famílias de agricultores impactadas pela subida no nível do rio Madeira, estão recebendo ajuda da prefeitura de Porto Velho, conforme determinação do

Tarifa Zero: prefeitura de Porto Velho apresenta projeto para manutenção do transporte público urbano

Tarifa Zero: prefeitura de Porto Velho apresenta projeto para manutenção do transporte público urbano

Usuários do transporte público urbano de Porto Velho contarão com benefícios após a aprovação de um Projeto de Lei (PL 03/2021) de autoria do Poder