Porto Velho (RO) sexta-feira, 25 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

OAB Ariquemes cobra providências contra onda de violência


O medo e o pavor dominam a cidade de Ariquemes, depois dos arrastões promovidos por bandidos nesta segunda-feira, com vários assaltos e o assassinado de um inocente. Ao falar sobre o clima na cidade, o presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil naquela Comarca, advogado Alex Sarkis, cobrou a imediata abertura do diálogo entre o Governo do Estado e as lideranças dos policiais militares, evitando o agravamento da situação.

Para evitar o acirramento dos ânimos e a repetição de cenas como a ocorrida em Ariquemes nesta segunda-feira, quando em plena luz do dia bandidos assaltam um comércio, fazem reféns para fugir e atiram sem piedade contra quem se interpõe a sua frente, Alex Sarkis afirma que precisa apenas de bom senso da parte dos policiais e pré-disposição do Governo para o diálogo. “Com o acirramento dos ânimos todos perdem, polícia, governo e a população, a maior prejudicada. A reivindicação dos policiais é legítima, assim como as dificuldades do Executivo, mas ao tempo que o Governo não pode colocar a população em risco e tem que buscar uma solução rápida e eficaz, o policial não pode perder de vista que, ao entrar em greve, sua família também fica vulnerável à ação dos marginais”, observa o advogado.

Na manhã desta terça-feira, o presidente da Subseção da OAB Ariquemes encaminhou ofício ao presidente da Seccional Rondônia da OAB, advogado Hélio Vieira, relatando os últimos acontecimentos na região de Ariquemes, que já vem convivendo com altos índices de violência. “Tivemos recentemente, aqui na região, vários assassinatos, cujas autorias ainda não foram desvendadas pela polícia. Com a notícia da greve na PM, a tendência é um aumento no número de roubos, assaltos e homicídios”, adverte Alex Sarkis, cobrando mais uma vez a abertura do diálogo entre Governo e policiais e o imediato retorno das atividades de policiamento preventivo.

Um das observações do presidente da subseção da OAB em Ariquemes e a de que, como tem ligação direta com a região de fronteira com a Bolívia, através da rodovia 421, nos assaltos ocorridos na região de Ariquemes têm se registrado a presença de armas de grosso calibre, de uso exclusivo das Forças Armadas, e o uso de muita violência. “Acredito muito na capacidade do governador Confúcio Moura em superar dificuldades e espero que ele não demore a entender a gravidade da situação e chame as lideranças da polícia militar para o início das conversações”, reitera Alex Sarkis.

Fonte: OAB-RO


 

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam