Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Nova Mamoré e Guajará-Mirim nas ruas para ouvir as propostas de Cassol


 
Para encerrar a agenda desta quarta-feira (8) o futuro senador Ivo Cassol levou suas propostas em reunião com moradores em Nova Mamoré um grande comício em Guajará-Mirim que reuniu uma verdadeira multidão que foi ouvir suas propostas, a de João Cahulla, candidato à reeleição, do candidato ao Senado Melki Donadon e dos candidatos a deputado estadual e federal.

Cassol chegou a Nova Mamoré por volta das 16:30 horas vindo de uma reunião com moradores do distrito de Nova Dimensão, onde igualmente Cassol levou, ao lado do governador João Cahulla, as melhores propostas para melhorar a vida dos moradores locais, agricultores e pecuaristas em sua grande maioria. “A estrada que liga o distrito à Nova Mamoré está um tapete, melhor que as ruas de muitas cidades do estado, e quando eu for senador ela será asfaltada, podem ter certeza disso”, afirmou, lembrando o tempo que quem quisesse ir até Nova Mamoré, município sede, passava o dia inteiro na estrada para percorrer os 5 quilômetros que os separam.

Em Nova Mamoré, onde chegou por volta das 16:30 horas, Cassol foi recebido por dezenas de moradores, que foram ouvir suas propostas para o desenvolvimento da região. A prioridade de Cassol para Mamoré e Guajará é a construção da ponte bi-nacional entre o Brasil e a Bolívia, que vai integrar ainda mais os dois países aumentar o fluxo comercial. “Com a construção da ponte e a duplicação da rodovia que passa por aqui o movimento vai aumentar. Os restaurantes, oficinas, hotéis, todos vão ganhar com uma simples obra, a ponte entre o Brasil e a Bolívia. O projeto ainda não saiu do papel, mas quando eu estiver no Senado vocês podem ter certeza que essa obra sai”, afirmou.


Grande comício em Guajará-Mirim
encerra a agenda desta quarta-feira

O comício de Guajará-Mirim fechou a agenda da Coligação Avança Rondônia, com centenas de pessoas comparecendo para ouvir as propostas de Cassol para o Senado e de Cahulla para o Governo do Estado. “Vamos apoiar ainda mais a cultura local, os bois de Guajará serão conhecidos em todo Brasil e todos irão ganhar com isso. E a ponte ligando Guajará a Guayará na Bolívia, que todos os políticos lá em Brasília dizem que vai ser construída, mas até hoje nada. Rondônia será respeitada em Brasília, nem que eu tenha que chutar o pau da barraca”, disse Cassol em seu discurso, aproveitando para pedir o segundo voto de senador para Melki Donadon, o 311.

Cassol também citou a criação do ICMS Verde, para compensar os municípios da Amazônia que preservam a floresta. “A Lei existe e também não saiu do papel mas vamos trabalhar para mudar isso, e vocês serão os grande beneficiados”, finalizou.

Agenda lotada nesta quinta-feira


Na manhã desta quinta-feira (9) Cassol e Cahulla subirão o rio Mamoré para levar as propostas nas comunidades de Surpresa e comunidade Ricardo Franco. Às 14:00 horas Cassol chega no distrito de União Bandeirantes para uma reunião com os moradores locais, às 16:30 em Jacy-Paraná e às 20:00 horas faz uma grande comício na Zona Leste em Porto Velho, encerrando a agenda do dia.

Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce