Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Mutirão de cirurgias ortopédicas no HR de Cacoal


O Hospital Regional de Cacoal, a partir desta segunda-feira (30), inicia um mutirão de cirurgias ortopédicas. Durante o mutirão está previsto a realização de 120 cirurgias ortopédicas até o dia 20 de outubro. O objetivo do mutirão é zerar a fila de espera por cirurgias ortopédicas nos hospitais municipais que referenciam seus pacientes para o HRC.

O HRC foi implantado em 2010 para suprir a carência de serviços assistenciais de alta complexidade em saúde no interior do estado de Rondônia, atendendo a população de 23 municípios. Hoje,  o HRC tem 38 leitos para atender o serviço de ortopedia de alta complexidade, porém os hospitais municipais da região não estão conseguindo atender os pacientes de pequena e média complexidade, e estão encaminhando a grande maioria para o HRC, gerando assim uma fila de espera de 60 a 70 pacientes para serem operados.

Diante disso, o governador Confúcio Moura determinou a realização desse mutirão, com o objetivo de zerar essa fila de espera, para desafogar e normalizar os atendimentos no HRC e nas unidades de saúde municipais.

Segundo o secretário de Estado de Saúde (Sesau), Williames Pimentel, omutirão foi uma determinação do governador do Estado, viabilizado com a aquisição de materiais de órteses e próteses, e a execução desta ação vai garantir uma expressiva diminuição da quantidade de pessoas aguardando nos hospitais municipais, melhorando, assim, a assistência à população.

O diretor geral do HRC, Marco Aurélio Vasques, juntamente com a diretora Executiva Isabel Maria de Lima, reuniram-se na última sexta (27) com o diretor técnico, com o coordenador do Serviço de Ortopedia e com o coordenador do Centro Cirúrgico do HRC para elaborar o planejamento do mutirão.

“O Estado estará garantindo cirurgias ortopédicas com maior resolutividade, através do Mutirão. O compromisso do governador Confúcio Moura e do Secretário Williames Pimentel é assegurar uma assistência à saúde digna, humanizada, com qualidade e que traga uma resposta imediata para a saúde da população", enfatiza Vasques.

Fonte: Ulisses Maforte  / Decom

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento