Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Motoqueiro bate em caminhão sem faróis e tem a vida ceifada no Vale do Paraíso



A Polícia Militar do município do Vale do Paraíso registrou um acidente de trânsito com vitima fatal neste final de semana fato ocorrido na RO 470 (conhecida como linha 200), KM 27, zona rural. Segundo informações da PM o agricultor Marcos Costa da Silva, 40, que estava pilotando uma moto Honda NXR Bros, cor preta, placa NDC – 7151 - Ouro Preto/RO, col idiu frontalmente com um caminhão marca FORD, cor verde, modelo F-600, placa IDN-8950 de Amambaí – MS.

A vitima sofreu fraturas múltiplas, o mesmo foi socorrido pela guarnição da Policia Militar, composta pelos PMs Prates e Wallace, para o HM de Ouro Preto (devido o Hospital Municipal do Vale do Paraíso não ter motorista para conduzir a ambulância), onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O condutor caminhão, evadiu-se do local do acidente sem prestar qualquer tipo de assistência a vitima. O caminhão foi localizado pela guarnição da PM de Vale do Paraíso, escondido no Travessão do KM-24 da linha 200, onde dentro da cabine foi encontrado duas garrafas de cerveja vazias. O veiculo foi removido para o pátio do CIRETRAN de Vale do Paraíso.

Os faróis do caminhão não estavam funcionando quando a PM fez a remoção do mesmo para o Pátio do CIRETRAN. A Policia Militar ainda não conseguiu identificar o condutor do veiculo caminhão placa IDN-8950 de Amambaí – MS, e quem souber de qualquer informação que possa ajudar a identificar o motorista ou o proprietário do caminhão, favor ligar para 3464-1355 (Quartel PM de Vale do Paraíso) ou 190 e fazer a denuncia de quem é o proprietário ou condutor do caminhão.

Fonte: Alexandre Araujo ouropretoonline.com
 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento