Porto Velho (RO) quarta-feira, 26 de janeiro de 2022
×
Gente de Opinião

Municípios

Ministro Padilha irá participar da inauguração do Hospital São Daniel Comboni, diz Padre Ton



O ministro Alexandre Padilha (Saúde) irá a Rondônia prestigiar a inauguração do Hospital São Daniel Comboni, construído por iniciativa da Associação Assistencial à Saúde São Daniel Comboni, fundada em 2003 por vontade do Padre Franco Vialetto, atual prefeito de Cacoal, de erguer uma instituição hospitalar com apoio da sociedade e organizações não-governamentais do Brasil e Itália.

A confirmação da ida do ministro foi feita pelo próprio Padilha ontem (30) ao deputado federal Padre Ton e prefeito Padre Franco. “O ministro demonstra grande entusiasmo por este projeto, e há tempos vem manifestando a vontade de estar presente na inauguração do hospital. Ele tem sido um parceiro importante desde mesmo antes de assumir a Saúde no governo Dilma, quando foi ministro de Assuntos Institucionais no governo Lula”, relembra Padre Ton.

A agenda será no início de outubro. A data será confirmada pelo gabinete do ministro ao prefeito e ao deputado Padre Ton. Da audiência com Padilha também participou o vereador de Santa Luzia, Adão Marcos (PT).

O Hospital São Daniel Comboni tem mais de 20 mil metros quadrados de área construída, e será utilizado para atendimento de alta complexidade na área de oncologia, hemodiálise e cardiologia. O prefeito Padre Franco explicou ao ministro as razões da utilização do espaço para estas finalidades, e o ministro quis saber qual a estrutura já existente e o que ainda será necessário para equipar ainda melhor o hospital.

A Associação Assistencial à Saúde São Daniel Comboni decidiu transformar o Hospital São Daniel Comboni num Centro de Assistência Oncológica devido ao grande número de casos de câncer em Rondônia. Os pacientes e familiares se deslocam geralmente para Barretos (SP) para tratamento.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), de 2006-2007, aponta a média mensal de 88 casos novos por sexo, com estimativa de 70 casos de câncer infantil por ano.

O prefeito Padre Franco lembra que tudo começou em 2003, quando foi criada a Associação. “As obras do Hospital Regional (estado) estavam paradas há mais de 18 anos. Era muito ruim aquela situação. Então criamos a Associação com o objetivo de construir e administrar o hospital. Logo de inicio tivemos o apoio da senadora Fátima Cleide e do deputado Eduardo Valverde, que chegaram a ir a Itália para me ajudar nas conversas iniciais com entidades daquele país. As organizações italianas foram fundamentais. E a solidariedade e força do povo de Cacoal, que trabalhou em mutirão para fazer a obra, não tem preço”, diz o prefeito.

Fonter: Mara Paraguassu 
 

Mais Sobre Municípios

Mais de 500 pets recebem vacinação antirrábica em ação no Bairro Novo, em Porto Velho

Mais de 500 pets recebem vacinação antirrábica em ação no Bairro Novo, em Porto Velho

Buscando garantir a imunização de cães e gatos contra a raiva, o município promove, até essa semana, a vacinação antirrábica em animais de estimação d

Bonificação começa a ser paga para servidores efetivos de Vilhena, mais de R$ 2,5 milhões serão depositados ainda hoje

Bonificação começa a ser paga para servidores efetivos de Vilhena, mais de R$ 2,5 milhões serão depositados ainda hoje

A Prefeitura de Vilhena iniciou na manhã desta sexta-feira, 21, o pagamento da bonificação extraordinária no valor do salário base de cada categoria

Nove unidades de saúde de Porto Velho vão ter atendimento exclusivo para covid-19

Nove unidades de saúde de Porto Velho vão ter atendimento exclusivo para covid-19

Buscando atender a alta demanda por testes e atendimentos para covid-19, o município vai destinar, a partir da próxima segunda-feira (24), nove unidad