Porto Velho (RO) domingo, 20 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Jaru acolhe projeto de cultura do Sesc



Nos dias 20 e 21, foram realizadas apresentações teatrais pelo Grupo de Teatro Evolução, que participa do projeto com dois belos espetáculos, “Os Bichos Também Amam” e “É Crime Não Saber Ler”. Na quinta-feira (20), às 20h, no auditório da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Capitão Silvio de Farias, o Evolução emocionou a platéia com a apresentação de É Crime Não Saber Ler. O publico que correspondeu de forma positiva às expectativas do grupo ficou maravilhado com o trabalho. A pedagoga Maria Aparecida ficou encantada com a repercussão do espetáculo. “Foi muito lindo, seria bom se o governo apoiasse mais projetos culturais. A SEDUC deveria contribuir mais apoiando projetos culturais para as escolas incentivando e motivando o publico e principalmente os alunos.” E acrescentou “Esse projeto vem despertar os diversos tipos de linguagens, trabalhando a diversidade cultural contribuindo para a interdisciplinaridade.”

Para os alunos a peça proporciona um momento de reflexão, como afirma Adrineia de Souza, do 2º ano, da Escola Daysimara. “Eu achei muito interessante. A peça faz a gente refletir. Aprendemos que a leitura, a educação é essencial para a nossa sobrevivência a nível social.”
Na sexta-feira (21), na quadra da Escola Capitão Silvio de Farias, o Evolução realizou duas apresentações do espetáculo infantil “Os Bichos Também Amam”. Alunos e professores assistiram e se divertiram. Foi grande a interação da platéia.


Os Espetáculos

É CRIME NÃO SABER LER, é um monólogo interpretado pelo ator Eules Lycaon que demonstra o enorme, se não o maior, crime já perpetrado contra uma pessoa ou contra um povo: o da ignorância imposta pelos interesses particulares de muitos... Desde quando se promete acabar com o analfabetismo, que ao contrário aumenta dia-a-dia? Quando o homem do campo, sem perspectiva para a vida... Sem o amor de si e de outrem... Supondo-se traído eternamente, não valoriza a vida e extingue-se o amor, o único significado para viver.

O caboclo do espetáculo “É Crime Não Saber Ler”, porque não sabe ler, porque não pôde estudar, porque não lhe ensinaram, cultiva um sentimento voraz ao qual chamamos de ciúme. O exemplo rural é também urbano e humano. E de quem é a culpa, se culpa há? Não pode haver crime maior que impedir, por qualquer motivo, que a nossa gente aprenda a ler.

OS BICHOS TAMBÉM AMAM, é um espetáculo de rua direcionado ao público infantil e mostra a necessidade que os animais têm de relacionar-se com seres da mesma espécie. O texto narra a história de uma cachorrinha (Bolota), que apesar de ser bem cuidada e mimada, sente-se insatisfeita e solitária. Mas tudo começa a mudar no momento em que conhece um companheiro (Tóto). A felicidade dos dois bichinhos é tão grande que acabam unindo outros corações. Além de divertir a garotada, a peça vem despertar no espectador o interesse pela educação, higiene pessoal e principalmente a conscientização para a preservação do meio ambiente. Em cena, cinco atores, de forma lúdica e com muita música, proporcionam a todos, momentos de aprendizagem e descontração.

O texto e direção são de Eules Lycaon. No elenco os atores Roniel Souza, Jadson De Paulo, Patrícia Albuquerque, Tati Trindade e Eules Lycaon. Na próxima semana a Caravana Cultura Sesc Intinerante segue para Ji-Paraná.

Fonte: Ascoim
 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce