Porto Velho (RO) terça-feira, 29 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Grupo de Teatro Evolução percorre o interior do estado de Rondônia



O Grupo de Teatro Evolução foi selecionado para participar do projeto Cultura Sesc Intinerante, desenvolvido pelo SESC/RO. Nesta terça-feira, 20, o Grupo inicia temporada pelo interior do estado com os espetáculos “Os Bichos Também Amam” e “É Crime Não Saber Ler”. O projeto que tem inicio esta semana se estende até o mês de julho, e vai percorrer 13 municípios.

Para o presidente do Gupo Evolução, Eules Lycaon, é uma satisfação poder mostrar os trabalhos do grupo a estas comunidades. “Sentimo-nos felizes por termos sido selecionados para participar deste grandioso projeto. Um dos nossos objetivos é também contribuir para o desenvolvimento cultural do nosso estado” disse Lycaon.

O “Cultura Sesc Intinerante”, que antes, denominava-se Rondônia em Cena. É um projeto desenvolvido pelo Sesc que tem por objetivo, expandir a arte aos quatro cantos do estado, levando ações culturais aos menos favorecidos alem de fazer o intercambio com os municípios e grupos locais. O projeto proporciona às cidades de Rondônia o acesso a produções artísticas de varias linguagens, tais como: Artes Cênicas, Literatura, Cinema e Artes Plásticas. Alem de palestras, exposições temáticas e uma vasta programação, o projeto vem assim estimular a produção local e o contato direto com a arte, contribuindo para o pensar e o fazer cultural. 

O Cultura Sesc Intinerante tem a duração de 3 meses e contempla nesta edição os municípios de Nova Mamoré, Guajará Mirim, Triunfo, Itapuã, Ariquemes, Machadinho D’Oeste, Jarú, Ji-Paraná, Presidente Médici, Rolim de Moura, Cacoal, Vilhena e Pimenta Bueno.

Para os coordenadores do projeto, as expectativas são muitas. “Já estamos na 4ª edição do projeto e esperamos que cada vez mais consigamos atingir mais público” disse Maria Braga, coordenadora do projeto. “Esse é o nosso objetivo maior pulverizar a arte, levar cultura e entretenimento aos menos favorecidos, e este ano contamos com a participação do Grupo Evolução” acrescentou.

OS ESPETACULOS

Os dois espetáculos a serem apresentados no Cultura Sesc Intinerante, ambos produzidos pelo Grupo Evolução, recentemente participaram do Festival de Teatro de Curitiba, representado o estado de Rondônia.

OS BICHOS TAMBÉM AMAM, é um espetáculo de rua direcionado ao público infantil e mostra a necessidade que os animais têm de relacionar-se com seres da mesma espécie. O texto narra a história de uma cachorrinha (Bolota), que apesar de ser bem cuidada e mimada, sente-se insatisfeita e solitária. Mas tudo começa a mudar no momento em que conhece um companheiro (Tóto). A felicidade dos dois bichinhos é tão grande que acabam unindo outros corações. Além de divertir a garotada, a peça vem despertar no espectador o interesse pela educação, higiene pessoal e principalmente a conscientização para a preservação do meio ambiente. Em cena, cinco atores, de forma lúdica e com muita música, proporcionam a todos, momentos de aprendizagem e descontração. 

O texto e direção são de Eules Lycaon. No Elenco os atores Jadson Silva, Roniel Souza, Tati Trindade, Patrícia Albuquerque e Eules Lycaon.

É CRIME NÃO SABER LER, é um monólogo, dirigido e apresentado pelo ator Eules Lycaon, com a participação de Tati Trindade e Roniel Souza. Na sonoplastia Jadson Silva e operador de luz André Luiz. 

A peça demonstra o enorme, se não o maior, crime já perpetrado contra uma pessoa ou contra um povo: o da ignorância imposta pelos interesses particulares de muitos... Desde quando se promete acabar com o analfabetismo, que ao contrário aumenta dia-a-dia? Quando o homem do campo, sem perspectiva para a vida... Sem o amor de si e de outrem... Supondo-se traído eternamente, não valoriza a vida e extingue-se o amor, o único significado para viver. O caboclo do espetáculo “É Crime Não Saber Ler”, porque não sabe ler, porque não pôde estudar, porque não lhe ensinaram, cultiva um sentimento voraz ao qual chamamos de ciúme. O exemplo rural é também urbano e humano. E de quem é a culpa, se culpa há? Não pode haver crime maior que impedir, por qualquer motivo, que a nossa gente aprenda a ler. 

Fonte: Eules Lycaon
pres.G.T.Evolução

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç