Porto Velho (RO) segunda-feira, 10 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

G.MIRIM - Jobim: 'fronteiras protegidas'


Guajará Mirim (RO) - O ministro da Defesa, Nelson Jobim, e a comitiva que o acompanha na visita às bases fronteiriças do Comando Militar da Amazônia (CMA) estão em Guajará-Mirim, Rondônia, a 330 quilômetros da capital Porto Velho.
Na pequena cidade de 40 mil habitantes, às margens do Rio Mamoré, o grupo visita o Comando de Fronteira de Rondônia, responsável por cuidar da fronteira com a Bolívia.
Ao fazer uma avaliação dos pelotões já visitados, Jobim elogiou os militares, afirmando que as fronteiras, apesar das dificuldades, estão bem protegidas.
"Os lugares estão muito bem guardados. A tropa é extraordinária, tem uma garra incrível. Há deficiências de equipamentos, e em alguns casos, de atendimento. Com as observações colhidas nos locais, teremos condições de programar isso [melhorias] de forma eficaz", afirmou.
Jobim voltou a falar da necessidade de uma maior integração entre as Forças Armadas e outros órgãos de Estado. "A presença militar na Amazônia não exclui as vinculações da atividade das Forças Armadas à integração com a Polícia Federal e o Ibama [Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis]".
O ministro disse que com o Plano Estratégico Nacional de Defesa, o governo quer fechar a Amazônia para a atividade do tráfico de drogas. Um comitê interministerial, criado no início de setembro, e presidido por Jobim, tem até setembro de 2008 para entregar a proposta do plano ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.
"Por determinação do presidente, a Amazônia é uma prioridade", afirmou.G.MIRIM - Jobim: 'fronteiras protegidas' - Gente de Opinião
A comitiva viaja em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e deve visitar ainda hoje (17) o pelotão especial sediado no Forte Príncipe da Beira. A edificação, a 30 quilômetros da sede da cidade de Costa Marques (RO), foi concluída em 1783 e é considerada patrimônio histórico.
Segundo o CMA, além de militares, 314 civis vivem nas imediações do forte, um dos mais antigos do país.
No final da tarde, o penúltimo dia da viagem que teve início na sexta-feira, o grupo seguirá para Porto Velho, onde passará a noite.
Fotos:  Guajará Mirim (RO) - O ministro da Defesa, Nelson Jobim, durante visita ao Comando de Fronteira de Rondônia, responsável pelos batalhões de áreas fronteiriças com a Bolívia, e ao 6° Batalhão de Infantaria e Selva (BIS). Antonio Cruz/ABr
Alex Rodrigues - Agência Brasil

Mais Sobre Municípios

Tarifa a R$1 no transporte coletiva começa a valer na segunda-feira (10)

Tarifa a R$1 no transporte coletiva começa a valer na segunda-feira (10)

No próximo domingo (9), encerra o prazo de gratuidade da tarifa no transporte coletivo em Porto Velho. A partir de segunda-feira (10), até o dia 9 de

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim  de Moura

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim de Moura

A Secretária Municipal de Assistência Social de Rolim de Moura (RO) Sandra Miranda, informou que as ações para chamar atenção da sociedade rolimoure

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

A mais antiga e prestigiada associação comercial de nosso estado, a Associação Comercial de Rondônia-ACR, fundada em 30 de setembro de 1928, sob o n

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

O Dia do Trabalhador esse ano é diferente para muitos dos servidores do município de Porto Velho. A pandemia da Covid-19 mudou a rotina para quem atua