Porto Velho (RO) quinta-feira, 1 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Follador defende as pás carregadeiras no Promec


Ao mesmo tempo em que elogiou a iniciativa do Governo Estadual pela implementação do Programa de Mecanização Agrícola (Promec) em seu Município, o prefeito de Cacaulândia, Adelino Follador, sugeriu ao governador Ivo Cassol, a contratação de pás carregadeiras ao invés da contratação de tratores de esteiras, para atuar em apoio às cooperativas de pequenos produtores locais.

O prefeito, que é um dos líderes da Associação Rondoniense de Municípios (AROM), participava da abertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Cacaulândia, e ao justificar sua sugestão disse que ela representa o sentimento geral dos prefeitos dos pequenos municípios beneficiados com o importante programa do Governador Estadual.

Adelino Follador explicou que todo o trabalho realizado nessas pequenas propriedades pode ser executado com uma pá carregadeira, que leva muitas vantagens sobre os tratores de esteiras, especialmente os pequenos tratores, que gastam muito tempo no deslocamento, sem contar com a lentidão no trabalho de movimentação de terra. Segundo o prefeito, só em Cacaulândia existem nada menos que 17 pás carregadeiras ociosas, e que a decisão de fazer esta sugestão ao Governo Estadual, partiu dele com o estímulo dos pequenos produtores de seu município e de praticamente todos os prefeitos de pequenos municípios de Rondônia.

Follador classificou de importantíssima a iniciativa do Governo Estadual de implantar o Promec, pela grandeza do seu alcance social e econômico. Com ele, segundo Follador, é possível aumentar a renda do pequeno produtor rural, que ganha cinco horas/máquina com as quais constrói pequenos açudes, terreirões, pontes, bueiros, tanques, represas, recupera áreas degradadas, prepara e semeia a terra.

Follador ressaltou que todas essas atividades são muitos importantes, mas o aspecto mais importante do programa é que ele sendo associado a outras iniciativas, tanto públicas como privadas, possibilita o aproveitamento de áreas já alteradas, que passam a integrar o processo produtivo, gerando emprego e riqueza no campo, e principalmente motiva e diminui os desmatamentos no Estado. “Sem dúvida, o mérito é todo do Governo Estadual, que deve acatar nossa sugestão”, disse.

Fonte: Cleuber Rodrigues Pereira

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç