Porto Velho (RO) sábado, 23 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

DNIT retoma obras de duplicação da ponte


  
Prefeito Bianco, senador Raupp e diretor do DNIT, Miguel  de Sousa visitam  às  obras

O Departamento Nacional de Infra-Estrutura Terrestre (DNIT) retomou, esta semana,  as obras de duplicação da ponte sobre o rio Machado, em Ji-Paraná, uma antiga aspiração  dos habitantes do município. A ponte que tem uma extensão de 260 metros será concluída  em um prazo de  20 meses.. A duplicação deixará a ponte com 24 metros de largura.
 
Nesta sexta-feira (16), o prefeito José Bianco, o senador Valdir Raupp (líder do PMDB no Senado Federal) e o diretor  Planejamento e Pesquisa do DNIT, Miguel de Sousa visitaram às instalações  da ponte que  será construída com recursos federais alocados no próprio DNIT pelo senador Raupp e deputada federal Marinha Raupp, que apresentaram emendas ao Orçamento Geral da União.

No dia 31 de dezembro de 2007, o líder do PMDB no Senado Federal e a deputada federal Marinha Raupp (PMDB-RO) conseguiram empenhar  no Orçamento Geral da União – recursos da ordem de R$ 16 milhões para a duplicação da ponte sobre o rio Machado em Ji-Paraná.  Os recursos foram empenhados no Departamento Nacional de Infra-Estrutura Terrestre(DNIT) e complementaram o valor total do projeto de duplicação da mencionada ponte.

"Com a garantia desses recursos no orçamento de 2007,  " eu  e a deputada  iniciamos  a luta em prol da liberação  desses recursos  para que a obra fosse   executada," disse o senador esclarecendo que com esta ação ele e a deputada Marinha asseguraram 100% dos recursos destinados ao projeto.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná, empresário Claudemir Miranda  reconheceu a ação do senador na liberação de recursos para a duplicação da ponte no período em que   exerceu a relatoria do Orçamento Geral da União.  "Com a liberação destes recursos estamos constatando a importante atuação do senador na condição de relator do orçamento ", disse o empresário.
 
Para o empresário Gilberto Borgio, o início das obras de alargamento da ponte sobre o Rio Machado é realização  de uma antiga reivindicação do estado de Rondônia. Segundo Borgio, a cidade de Ji-Paraná é altamente penalizada por ser cortada pela Br 364, devido ao   pesado tráfego de carretas dentro da cidade  o que ocasiona  gargalos para o desenvolvimento local. Até o momento, a soma  dos recursos destinados a Ji-Paraná superam   a  cifra dos 30 milhões de reais, destinados a obras de infra-estrutura e atendimento.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Municípios

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

Vilhena cresce mais que Estado e Brasil em 2020 e 2021 gerando empregos e abrindo empresas

O bom momento econômico de Vilhena fica evidente com relatórios emitidos pelo Ministério do Trabalho (MTE) e pela Secretaria Municipal de Fazenda (S

Busca ativa é realizada para solucionar pendências de documentação à regularização de imóveis nos bairros Calama e Paraíso em Porto Velho

Busca ativa é realizada para solucionar pendências de documentação à regularização de imóveis nos bairros Calama e Paraíso em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho encerra nesta sexta-feira (22), às 13h, uma ação de regularização dos imóveis localizados nos bairros Calama e Paraíso. O

Hildon Chaves defende a importância de projetos de sustentabilidade na Amazônia

Hildon Chaves defende a importância de projetos de sustentabilidade na Amazônia

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, participou na quinta-feira (21) da 300ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração (CAS) da Superintendê

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Visando por fim na antiga prefeitura no Centro de Cacoal, a atual administração está alterando a finalidade do Complexo Beiro Rio e levará, até o fi