Porto Velho (RO) segunda-feira, 28 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

DNIT retoma obras de duplicação da ponte


  
Prefeito Bianco, senador Raupp e diretor do DNIT, Miguel  de Sousa visitam  às  obras

O Departamento Nacional de Infra-Estrutura Terrestre (DNIT) retomou, esta semana,  as obras de duplicação da ponte sobre o rio Machado, em Ji-Paraná, uma antiga aspiração  dos habitantes do município. A ponte que tem uma extensão de 260 metros será concluída  em um prazo de  20 meses.. A duplicação deixará a ponte com 24 metros de largura.
 
Nesta sexta-feira (16), o prefeito José Bianco, o senador Valdir Raupp (líder do PMDB no Senado Federal) e o diretor  Planejamento e Pesquisa do DNIT, Miguel de Sousa visitaram às instalações  da ponte que  será construída com recursos federais alocados no próprio DNIT pelo senador Raupp e deputada federal Marinha Raupp, que apresentaram emendas ao Orçamento Geral da União.

No dia 31 de dezembro de 2007, o líder do PMDB no Senado Federal e a deputada federal Marinha Raupp (PMDB-RO) conseguiram empenhar  no Orçamento Geral da União – recursos da ordem de R$ 16 milhões para a duplicação da ponte sobre o rio Machado em Ji-Paraná.  Os recursos foram empenhados no Departamento Nacional de Infra-Estrutura Terrestre(DNIT) e complementaram o valor total do projeto de duplicação da mencionada ponte.

"Com a garantia desses recursos no orçamento de 2007,  " eu  e a deputada  iniciamos  a luta em prol da liberação  desses recursos  para que a obra fosse   executada," disse o senador esclarecendo que com esta ação ele e a deputada Marinha asseguraram 100% dos recursos destinados ao projeto.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná, empresário Claudemir Miranda  reconheceu a ação do senador na liberação de recursos para a duplicação da ponte no período em que   exerceu a relatoria do Orçamento Geral da União.  "Com a liberação destes recursos estamos constatando a importante atuação do senador na condição de relator do orçamento ", disse o empresário.
 
Para o empresário Gilberto Borgio, o início das obras de alargamento da ponte sobre o Rio Machado é realização  de uma antiga reivindicação do estado de Rondônia. Segundo Borgio, a cidade de Ji-Paraná é altamente penalizada por ser cortada pela Br 364, devido ao   pesado tráfego de carretas dentro da cidade  o que ocasiona  gargalos para o desenvolvimento local. Até o momento, a soma  dos recursos destinados a Ji-Paraná superam   a  cifra dos 30 milhões de reais, destinados a obras de infra-estrutura e atendimento.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam