Porto Velho (RO) quinta-feira, 27 de janeiro de 2022
×
Gente de Opinião

Municípios

DNIT: Oliveira diz que obras da ponte de Abunã começam em junho


Superintendente do DNIT profere palestra em Guajará-Mirim e anuncia início de obras na região

O Superintendente Regional do DNIT, José Ribamar da Cruz Oliveira, classificou de excelentes as perspectivas para o desenvolvimento de toda a região de Guajará-Mirim e ponta do Abunã com as diversas obras estruturantes, entre elas a ponte sobre o rio Madeira no distrito de Abunã, que deverão ser iniciadas ainda neste primeiro semestre. Ele comentou ontem a excelente receptividade que obteve com a palestra proferida no plenário da Câmara dos Vereadores de Guajará-Mirim, na última semana, sobre “Expectativas e benefícios econômicos para o município com a construção da ponte Brasil/Bolívia”.

Oliveira foi aplaudido pelo público que lotou as dependências da Câmara ao esclarecer que todo um conjunto de obras, e não apenas a ponte binacional, terão a capacidade de retirar o município da situação de exclusão a que foi historicamente relegado no processo de desenvolvimento de Rondônia, em função de sua posição geográfica fora do eixo da BR-364. “Guajará-Mirim – cidade que me adotou e me permitiu constituir minha família - viveu por décadas em relação ao estado a mesma situação que Rondônia sempre viveu em relação ao País, ou seja: fim de linha” - disse.

Ele assegurou que, da mesma forma que Rondônia deixa a beirada do mapa brasileiro para ocupar o coração geográfico da integração continental com a saída para o Pacífico, Guajará-Mirim passa a ocupar posição de destaque no processo de desenvolvimento do estado, com a abertura de novos mercados para nossos produtos e, especialmente, com o fortalecimento da exploração de suas potencialidades turísticas.

A ponte binacional, esclareceu o superintendente do DNIT, é o complemento de todo um conjunto de grandes obras, que passa pela construção da nova BR-425, de Abunã até à divisa com a Bolívia, na cabeceira da ponte, da abertura da BR-421, que vai ligar Ariquemes a Nova Mamoré, da ponte sobre o rio Madeira, em Abunã e na própria construção da nova BR-364, cde Porto Velho a Vilhena. Todo esse conjunto vai resultar em um grande estímulo à produção e seu escoamento em direção aos diferentes mercados, da mesma forma que a malha viária de qualidade alavanca o desenvolvimento da indústria turística – assinalou.

- Guajará-Mirim é hoje reconhecidamente

Fonte - Ascom
 

Mais Sobre Municípios

Mais de 500 pets recebem vacinação antirrábica em ação no Bairro Novo, em Porto Velho

Mais de 500 pets recebem vacinação antirrábica em ação no Bairro Novo, em Porto Velho

Buscando garantir a imunização de cães e gatos contra a raiva, o município promove, até essa semana, a vacinação antirrábica em animais de estimação d

Bonificação começa a ser paga para servidores efetivos de Vilhena, mais de R$ 2,5 milhões serão depositados ainda hoje

Bonificação começa a ser paga para servidores efetivos de Vilhena, mais de R$ 2,5 milhões serão depositados ainda hoje

A Prefeitura de Vilhena iniciou na manhã desta sexta-feira, 21, o pagamento da bonificação extraordinária no valor do salário base de cada categoria

Nove unidades de saúde de Porto Velho vão ter atendimento exclusivo para covid-19

Nove unidades de saúde de Porto Velho vão ter atendimento exclusivo para covid-19

Buscando atender a alta demanda por testes e atendimentos para covid-19, o município vai destinar, a partir da próxima segunda-feira (24), nove unidad