Porto Velho (RO) segunda-feira, 28 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

DNIT: Oliveira diz que obras da ponte de Abunã começam em junho


Superintendente do DNIT profere palestra em Guajará-Mirim e anuncia início de obras na região

O Superintendente Regional do DNIT, José Ribamar da Cruz Oliveira, classificou de excelentes as perspectivas para o desenvolvimento de toda a região de Guajará-Mirim e ponta do Abunã com as diversas obras estruturantes, entre elas a ponte sobre o rio Madeira no distrito de Abunã, que deverão ser iniciadas ainda neste primeiro semestre. Ele comentou ontem a excelente receptividade que obteve com a palestra proferida no plenário da Câmara dos Vereadores de Guajará-Mirim, na última semana, sobre “Expectativas e benefícios econômicos para o município com a construção da ponte Brasil/Bolívia”.

Oliveira foi aplaudido pelo público que lotou as dependências da Câmara ao esclarecer que todo um conjunto de obras, e não apenas a ponte binacional, terão a capacidade de retirar o município da situação de exclusão a que foi historicamente relegado no processo de desenvolvimento de Rondônia, em função de sua posição geográfica fora do eixo da BR-364. “Guajará-Mirim – cidade que me adotou e me permitiu constituir minha família - viveu por décadas em relação ao estado a mesma situação que Rondônia sempre viveu em relação ao País, ou seja: fim de linha” - disse.

Ele assegurou que, da mesma forma que Rondônia deixa a beirada do mapa brasileiro para ocupar o coração geográfico da integração continental com a saída para o Pacífico, Guajará-Mirim passa a ocupar posição de destaque no processo de desenvolvimento do estado, com a abertura de novos mercados para nossos produtos e, especialmente, com o fortalecimento da exploração de suas potencialidades turísticas.

A ponte binacional, esclareceu o superintendente do DNIT, é o complemento de todo um conjunto de grandes obras, que passa pela construção da nova BR-425, de Abunã até à divisa com a Bolívia, na cabeceira da ponte, da abertura da BR-421, que vai ligar Ariquemes a Nova Mamoré, da ponte sobre o rio Madeira, em Abunã e na própria construção da nova BR-364, cde Porto Velho a Vilhena. Todo esse conjunto vai resultar em um grande estímulo à produção e seu escoamento em direção aos diferentes mercados, da mesma forma que a malha viária de qualidade alavanca o desenvolvimento da indústria turística – assinalou.

- Guajará-Mirim é hoje reconhecidamente

Fonte - Ascom
 

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam