Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

DNIT apresenta no município de Ji-Paraná as melhorias da nova BR-364



Em continuidade às audiências públicas de apresentação do projeto Crema 2ª etapa, que prevê grandes benefícios para as cidades em que a audiência já ocorreu, o diretor de Planejamento e Pesquisa (DPP) do DNIT, Miguel de Souza, sempre acompanhado do superintende do órgão em Rondônia, José Ribamar da Cruz Oliveira e sua equipe técnica, comandou as apresentações e esclareceu dúvidas da comunidade de Ji-Paraná.

Durante a solenidade de abertura da audiência, o prefeito José de Abreu Bianco (DEM) falou da satisfação em receber o diretor Miguel de Souza que, nesses três anos à frente da diretoria do DPP, atendeu aos pedidos e necessidades do município de Ji-Paraná e de várias prefeituras do Estado a exemplo de Jaru, Vilhena, Ariquemes, Itapuã e tantos outros. “Sei da sua luta e de como sua atuação no DNIT vem garantindo melhorias de infra-estrutura no nosso estado de Rondônia”, salientou o prefeito.

Interessados em conhecer o que a recuperação da rodovia trará de benefícios ao município Miguel de Souza salientou que o os maiores beneficiados com o projeto Crema serão os moradores dos municípios de Urupá e Teixeirópolis, do distrito de Estrela de Rondônia e Nova Riachuelo, localidades que ficam na região de Ji-Paraná. No acesso a essas localidades, os usuários da BR-364 serão contemplados com um alargamento de pista e as interseções largas adequadas para o movimento de veículos pesados.

Mais uma vez, Miguel de Souza fez questão de salientar que as empresas vencedoras do certame licitatório devem fazer um trabalho com soluções de pavimento pelo período de 10 anos, uma vez que a população do nosso estado e os caminhoneiros não agüentam mais essa novela de ter que enfrentar todo ano, no período das chuvas, às operações tapa-buraco. “A nossa rodovia que já tem mais de 20 anos, nunca recebeu uma recuperação total. Eu comparo a nossa BR-364 a uma câmara de pneu velha, muito remendada, que não suporta mais tanto conserto, pois a cada buraco que tampamos, mais dois surgem em seguida”.

O projeto Crema da BR-364 será executado em quatro lotes e está com orçamento estimado de R$ 600 milhões. Inclui além da recuperação total dos 700km, a manutenção da rodovia a correção de traçados em curvas que causam quase que diariamente vários acidentes, interseção a vários municípios fora do eixo da rodovia, inclusão de cerca de 70km de terceira faixas, sinalização, roço, acostamentos e descidas de águas das chuvas.

De acordo com Miguel de Souza, correndo dentro da normalidade, até o mês de agosto as obras devem iniciar simultaneamente, em várias frentes, nos quatro trechos em que a rodovia foi dividida. A previsão é que após o início da obra, a rodovia esteja concluída em até três anos.

Encerrando as audiências, a cidade de Vilhena recebe nesta noite a mesma apresentação durante o Fórum Pró-Rondônia, organizado pela Fiero. O evento acontece a partir das 19h e deve contar com a presença também dos prefeitos dos demais municípios ao longo da rodovia, convidados pelo DNIT. “É importante a presença do maior número de pessoas vez que ao tomar conhecimento da recuperação da rodovia a população terá condições de cobrar das empresas executora das obras e do próprio DNIT. Por isso a necessidade dessas audiências”, lembrou Miguel de Souza.

Fonte:  Eficaz Comunicação  / Ana Cristina Barros

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce