Porto Velho (RO) quinta-feira, 1 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Candeias: Mutirão Contra Dengue e Malária


Candeias do Jamari possui uma taxa de incidência nos casos de dengue bastante expressiva. Diante essa realidade, a Prefeitura Municipal de Candeias do Jamari iniciará em meados de janeiro mais um Mutirão de Combate à Malária e à Dengue no município.

A iniciativa é resultado da união e esforço da Secretaria Municipal de Saúde – SEMSAU, a coordenação da malária e dengue e o PSF, objetivando eliminar os focos do mosquito transmissor e promover atividades de prevenção das doenças através de orientações no tratamento da água e disposição dos lixos domiciliares.

“Os agentes de saúde vão entrar nas casas, vão limpar e identificar os focos e colocar inseticida se for o caso. Além disso, será feito o trabalho de orientação em relação à água parada com intuito de reduzir as larvas do mosquito”, enfocou a coordenadora da Atenção Básica, Enfª Márcia Cristina Néspoli.

O mutirão terá início no dia 16 de janeiro e se estenderá até o dia 31. A ação atenderá, em primeiro caso, o bairro Palheiral e com a sequência nos bairros: Sta Letícia, Das Flores, Novo Horizonte, União, Sta Isabel e finalizando no Satélite.

O secretário municipal de serviços públicos, Rando Silva, explica que cada morador é responsável pela limpeza do quintal e por levar os entulhos para frente de suas residências devidamente acondicionados em sacos de lixo bem fechados, e ainda, qualquer objeto que possa acumular água como: latas velhas, fogões, geladeiras e outros, que serão recolhidos pela prefeitura.

Além das equipes de coleta dos materiais, os agentes de endemias estarão nas ruas conscientizando a população sobre a importância de manter o quintal limpo e atitudes que a população poderá adotar que evitará a proliferação do mosquito da malária e dengue.

A secretária municipal de Saúde, Adriana Gonçalves, explica que a união de esforços entre poder público e população é necessária para combater a proliferação da dengue. “Se não houver o envolvimento da população limpando os quintais e evitando o acúmulo de água parada, a gente não vai conseguir reduzir os números. A qualidade de vida da população de qualquer município está ligada a um ambiente ecologicamente equilibrado, livre de acumulo de lixo em locais inapropriados, o que em muito auxiliaria no controle dos casos de dengue. Atitudes simples como manter nossos terrenos limpos, livres de locais propícios à reprodução do mosquito transmissor da Dengue, como: tampas de garrafas, pneus, calhas entupidas, e ainda, o cuidado para não jogar lixo em local indevido, devem fazer parte de nossas vidas, ou a guerra contra a dengue estará fadada ao insucesso”, disse.


Como prevenir a doença

O combate ao mosquito deve ser feito de duas maneiras: eliminando os mosquitos adultos com a aplicação de inseticida nas residências e nos terrenos baldios com o uso do “Fumacê” (que só deve ser realizada por profissional de saúde habilitado), e, principalmente, acabando com os criadouros de larvas. Mas não adianta apenas trocar a água dos recipientes, pois as larvas do mosquito ficam aderidas as paredes do recipiente, portanto, é preciso que se substitua a água dos vasos de plantas por areia, além de lavar o recipiente com uma escova, e ainda lavar e manter fechadas caixas d’água, cisternas, tambores e qualquer outro objeto que possa acumular água. E lembre-se: a responsabilidade do combate ao mosquito da Dengue não é apenas dos órgãos governamentais, mas de todo cidadão. Não seja a próxima vítima.

Fonte: Alinne Assis

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç