Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Candeias: Mutirão Contra Dengue e Malária


Candeias do Jamari possui uma taxa de incidência nos casos de dengue bastante expressiva. Diante essa realidade, a Prefeitura Municipal de Candeias do Jamari iniciará em meados de janeiro mais um Mutirão de Combate à Malária e à Dengue no município.

A iniciativa é resultado da união e esforço da Secretaria Municipal de Saúde – SEMSAU, a coordenação da malária e dengue e o PSF, objetivando eliminar os focos do mosquito transmissor e promover atividades de prevenção das doenças através de orientações no tratamento da água e disposição dos lixos domiciliares.

“Os agentes de saúde vão entrar nas casas, vão limpar e identificar os focos e colocar inseticida se for o caso. Além disso, será feito o trabalho de orientação em relação à água parada com intuito de reduzir as larvas do mosquito”, enfocou a coordenadora da Atenção Básica, Enfª Márcia Cristina Néspoli.

O mutirão terá início no dia 16 de janeiro e se estenderá até o dia 31. A ação atenderá, em primeiro caso, o bairro Palheiral e com a sequência nos bairros: Sta Letícia, Das Flores, Novo Horizonte, União, Sta Isabel e finalizando no Satélite.

O secretário municipal de serviços públicos, Rando Silva, explica que cada morador é responsável pela limpeza do quintal e por levar os entulhos para frente de suas residências devidamente acondicionados em sacos de lixo bem fechados, e ainda, qualquer objeto que possa acumular água como: latas velhas, fogões, geladeiras e outros, que serão recolhidos pela prefeitura.

Além das equipes de coleta dos materiais, os agentes de endemias estarão nas ruas conscientizando a população sobre a importância de manter o quintal limpo e atitudes que a população poderá adotar que evitará a proliferação do mosquito da malária e dengue.

A secretária municipal de Saúde, Adriana Gonçalves, explica que a união de esforços entre poder público e população é necessária para combater a proliferação da dengue. “Se não houver o envolvimento da população limpando os quintais e evitando o acúmulo de água parada, a gente não vai conseguir reduzir os números. A qualidade de vida da população de qualquer município está ligada a um ambiente ecologicamente equilibrado, livre de acumulo de lixo em locais inapropriados, o que em muito auxiliaria no controle dos casos de dengue. Atitudes simples como manter nossos terrenos limpos, livres de locais propícios à reprodução do mosquito transmissor da Dengue, como: tampas de garrafas, pneus, calhas entupidas, e ainda, o cuidado para não jogar lixo em local indevido, devem fazer parte de nossas vidas, ou a guerra contra a dengue estará fadada ao insucesso”, disse.


Como prevenir a doença

O combate ao mosquito deve ser feito de duas maneiras: eliminando os mosquitos adultos com a aplicação de inseticida nas residências e nos terrenos baldios com o uso do “Fumacê” (que só deve ser realizada por profissional de saúde habilitado), e, principalmente, acabando com os criadouros de larvas. Mas não adianta apenas trocar a água dos recipientes, pois as larvas do mosquito ficam aderidas as paredes do recipiente, portanto, é preciso que se substitua a água dos vasos de plantas por areia, além de lavar o recipiente com uma escova, e ainda lavar e manter fechadas caixas d’água, cisternas, tambores e qualquer outro objeto que possa acumular água. E lembre-se: a responsabilidade do combate ao mosquito da Dengue não é apenas dos órgãos governamentais, mas de todo cidadão. Não seja a próxima vítima.

Fonte: Alinne Assis

Mais Sobre Municípios

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Visando por fim na antiga prefeitura no Centro de Cacoal, a atual administração está alterando a finalidade do Complexo Beiro Rio e levará, até o fi

Porto Velho avança para a última fase do Plano Municipal de Enfrentamento à pandemia

Porto Velho avança para a última fase do Plano Municipal de Enfrentamento à pandemia

O avanço na aplicação das vacinas, a redução do número de internações e de novos casos da covid-19, fizeram com que Porto Velho avançasse da Fase Amar

SEMED compra milhares de frascos de álcool e armazena em local inadequado em Porto Velho

SEMED compra milhares de frascos de álcool e armazena em local inadequado em Porto Velho

O vereador Everaldo Fogaça (Republicanos) flagrou o que pode ser um polêmico caso de desperdício de dinheiro público pela Prefeitura de Porto Velho: