Porto Velho (RO) sábado, 19 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Avenida pode desaparecer em Pimenteiras


   
Se nenhuma obra de contenção for realizada com urgência a avenida principal de Pimenteiras poderá ser levada pela água bem na frente da Igreja Católica e da prefeitura. O alerta vem sendo feito constantemente, mas nenhuma providência foi tomada pelo prefeito José Horn para solucionar a questão. Avenida pode desaparecer em Pimenteiras - Gente de Opinião

Está semana a reportagem do Correio de Notícias esteve pessoalmente no local para constatar o fato a convite do presidente da Câmara Municipal de Pimenteiras, vereador Eugênio Serrath. “É preciso uma ação imediata para que a água não rompa com a via principal da cidade”, disse o vereador. Os professores Herbert Lins e Valdique Lima estiveram constatando o problema. “Uma obra de contenção de custo baixo pode solucionar o problema”, disse Lins. 

Para romper parte da avenida falta menos que meio metro de distância. A água que desce Rio Guaporé abaixo atinge diretamente a barranca que gradativamente vai se rompendo. “Vamos procurar as autoridades estaduais e federais para tentar recursos, pois é provável que se nada for feito em breve a avenida já estará com parte dela comprometida”, disse Serrath.

Fonte: PHS

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce